Albert Hammond Jr, do The Strokes, desabafa sobre seu problema com drogas

Albert Hammond JrAlbert Hammond Jr., do The Strokes, acredita que seu problema com drogas pode ter acabado com os sonhos de seus colegas de banda, segundo matéria da NME, desta terça-feira (16).

No livro “Meet Me In The Bathroom: Rebirth and Rock and Roll in New York City, 2001-2011” (em tradução livre para o português: “Encontre-me no Banheiro: Renascimento e Rock & Roll na cidade de Nova Iorque”), de Lizzy Goodman, Hammond desabafa sobre o assunto.

Em 2006, na gravação do disco “First Impressions of Earth”, foi a primeira vez que o guitarrista notou que não estava mais se divertindo, quando pessoas próximas e desconhecidas começaram a lhe falar que The Strokes deveria ser uma banda maior. “Eu ficava tipo ‘é, nós deveríamos ser uma banda maior…’. Por mais fortes que estivéssemos e mais próximos que estivéssemos, nós não estávamos perto ou fortes o suficiente para lutarmos contra isso”, desabafa Hammond.

“Desculpem-me se eu acabei com o sonho de todos. Eu não sei se eles ainda estão bravos comigo”, acrescenta.

O último disco lançado pela banda é o “Comedown Machine”, de 2013. Atualmente, os integrantes estão trabalhando em um novo álbum.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o The Strokes e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.