Amy WinehouseAproveitando o throwback feito na última semana em homenagem aos oito anos sem a querida cantora britânica, o especial do primeiro single de cada álbum desta vez é com Amy Winehouse. Com uma carreira que contou com apenas dois álbuns de estúdio, “Frank”, lançado em 2003, e “Back To Black”, em 2006, Amy teve uma curta, porém brilhante carreira musical. 

  1. Frank (2003)

Uma homenagem a ninguém menos que Frank Sinatra, grande influência na vida de Amy, este projeto revela o talento da artista de uma maneira bem sucinta. Começando pelo single “Stronger Than Me”, é possível ter uma provinha da temática que o álbum trata na maior parte do tempo: relacionamentos amorosos e, claro, algumas desilusões. “You should be stronger than me / But instead you’re longer than frozen turkey” mostra a maneira cômica com que a cantora tenta explorar as canções desse primeiro trabalho.

Com batidas R&B e uma pitada de jazz e soul, referências da cantora no cenário musical, o álbum conta com 13 faixas, das quais podem se destacar outras três músicas: “Fuck Me Pumps”, “(There Is) No Greater Love” e “I Heard Love Is Blind”.

  1. Back to Black (2006)

No ano de 2006, chega ao público o segundo e último álbum de Winehouse. A britânica, que já havia despertado muitos olhares com o disco anterior, consagrou-se no cenário musical com o lançamento de “Back to Black”, um álbum que simplesmente alavancou a carreira da cantora e mostrou seu gigantesco potencial.

“Rehab” é a música dá início a esta nova trajetória e que se tornou um dos maiores sucessos da artista. Apesar de ser considerado um hit da época, a letra, no entanto, trata de um assunto bastante delicado para Amy: sua trágica história com as drogas. “They tried to make me go to rehab / But I said: No, no, no”, diz uma parte do refrão. No entanto, apesar de negar precisar de ajuda durante a música, a canção é um pedido de ajuda – não para ir para uma reabilitação, mas para ser tratada com mais atenção e carinho, como pode ser percebido no trecho: “I don’t ever want to drink again / I just, ooh, I just need a friend”.

Contagiante devido a batida e muito cantada até os dias de hoje, “Rehab” é um single que conquistou seu posto, mas não é a única música que merece destaque. “You Know I’m No Good”, “Back To Black”, “Love Is A Losing Game” e “Tears Dry On Their Own” são outras faixas que precisam ser exaltadas.

- PUBLICIDADE -
Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Amy Winehouse, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!