a-day-to-remember

Chegamos na segunda parte do especial A Day To Remember aqui na Nação da Música. Desta vez caminharemos um pouco através da história da banda de Ocala, Flórida, com o auxílio de seus cinco discos de estúdio lançados até hoje. A discografia do grupo ainda conta com três EPs divulgados, além de diversas participações em compilações de covers.

O primeiro disco do ADTR foi lançado em maio de 2005. “And Their Name Was Treason” foi o debut do grupo, que logo de cara vendeu cerca de 10 mil cópias nos Estados Unidos. O registro, lançado pela Indianola Records, foi produzido por Andew Wade, e gravado inteiramente no quarto de Wade, que ainda dava seus primeiros passos no mundo musical. A parceria entre ele e o A Day To Remember se repetiu alguns anos depois. “And Their Name Was Treason” também foi o grande responsável por colocar a banda nos holofotes, e chamar atenção da Victory Records.

Pouco menos de 2 anos depois, em janeiro de 2007, o grupo iniciava seu trabalho junto a Victory com o lançamento de “For Those Who Have Heart”. O disco vendeu o dobro de cópias que o seu antecessor, e foi o primeiro trabalho a contar com Alex Shelnutt na bateria do A Day To Remember. O álbum também foi responsável por elevar o nível de popularidade da banda, principalmente por conta de sua mistura de influências. O que acabou rendendo ao ADTR um 17º lugar na lista de heatseekers da Billboard.

Mantendo a sua tradição de lançar discos novos em um curto espaço de tempo, o A Day To Remember voltava às lojas em fevereiro de 2009, com “Homesick”, álbum que trouxe a banda um novo público e levou o ADTR a diversos lugares nunca antes visitados para shows. “Homesic” também marca a retomada dos rapazes com Andrew Wade, que participou da pré-produção do material. Vendendo mais de 200 mil cópias, o registro foi responsável por colocar o nome da banda pela primeira vez na Top 200 da Billboard. O disco também é a primeira parceria entre os rapazes e Chad Gilbert, guitarrista do New Found Glory.

Um ano e meio depois, em novembro de 2011, chegava às lojas o quarto disco do A Day To Remember, e também o último material que surgiu da parceria entre a banda e a Victory Records. “What Separates Me From You” foi novamente produzido por Char Gilbert e recebeu ótimas reviews em seu lançamento, mostrando que o grupo repetiria ou sucesso de seu antecessor. O registro vendeu cerca de 300 mil cópias, e eleveou o ADTR ao 11º lugar no Billboard 200. Este foi o primeiro material que conta com a participação do guitarrista Kevin Skaff, da banda Four Letter Lie, que substituiu Tom Denney. Denney deixou o grupo para dedicar-se a projetos pessoais, mas manteve-se trabalhando junto ao A Day To Remember.

- PUBLICIDADE -

Após diversas brigas judiciais que marcaram o rompimento da relação entre o A Day To Remember e a Victory Records, a banda finalmente lançará, em outubro de 2013, “Common Courtesy”, seu quinto álbum. Além de ser marcado pelas polêmicas, o lançamento mais recente apresenta a banda muito focada nas ideias que pretende passar em suas produções. O material conta novamente com os parceiros de longa data, Chad Gilbert e Andrew Wade e foi lançado de forma independente pelo grupo. Mostrando que a base de fãs do grupo é fiel, e que eles poderiam sobreviver sem uma grande label, “Common Courtesy” já vendeu mais de 200 mil cópias.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do mundo da música. Ouça “Common Courtesy”, o mais recente disco do A Day To Remember.