Nesta terceira parte do nosso mês especial da Fresno, falaremos um pouco sobre as turnês que a banda gaúcha já participou, tendo como destaque aquelas mais marcantes em sua carreira. Desde o começo, o grupo ficou conhecido por sua presença de palco e devoção da base de fãs em suas performances ao vivo.

Nos anos iniciais, principalmente nas fases de divulgação dos álbuns “Quartos dos Livros” e “O Rio, A Cidade, A Árvore”, a Fresno tornou-se um dos nomes mais importantes do underground brasileiro. A reputação alcançada na internet levou o grupo a diversos estados do Brasil, mesmo sem ter uma grande gravadora abraçando o trabalho. Com a ajuda da internet, também, fãs podiam ver registros em vídeo de performances marcantes da banda em lugares importantes, com o Hangar 110, famosa casa de shows de São Paulo.

Com o lançamento de “Ciano”, em 2006, a Fresno manteve o seu crescimento exponencial no underground brasileiro, e passou a flertar de forma mais forte com o mainstream. As canções do grupo eram figura carimbada nas programações de rádios de todo o Brasil, além de clipes em evidência nas principais emissoras e programas voltados à música.

O grande reflexo de “Ciano”, além de levar o grupo a um contrato com uma grande gravadora, foi o DVD “MTV Ao Vivo 5 Bandas de Rock”. O material, que contou com a participação de Nx Zero, Hateen, Forfun e Moptop, foi lançado em 2007 e teve importante papel na disseminação do nome da banda.

Os anos seguinte foram de grande trabalho para a Fresno. O fato de estar em uma grande gravadora, e lançar materiais como “Redenção” e “Revanche” fizeram com que as estradas levassem a banda para ainda mais lugares ainda não explorados no Brasil. Mais do que a internet, o grupo agora tinha ao seu lado uma reputação e um nome dentro do mainstream.

Além de grande shows próprios, a fase ficou marcada por inúmeras apresentações da Fresno em importantes festivais do Brasil. Como o Planeta Atlântida de 2009. No contexto o grupo também participou de eventos importantes, como o popular “Estúdio Coca-Cola Zero”, onde fez uma peculiar parceria com a dupla Chitãozinho e Xororó.

- PUBLICIDADE -

Com a saída da Universal Music e o retorno ao independente, a Fresno lançou o audacioso álbum “Infinito”. Como o próprio nome deixa claro, o registro era um manifesto do grupo, mostrando que não existiam limites para as pretensões da banda. Além de ser indiciado ao European Music Awards em 2013, no ano seguinte a banda fez sua primeira turnê no exterior, tocando no festival norte-americano South By Southwest.

Em2014, também, a Fresno caiu na estrada com a tour “O Começo de Tudo”, onde apresentava de forma acústica canções dos três primeiros álbuns de sua carreira. Em maio de 2015 a banda começou a tour em comemoração aos 15 anos de carreira, acompanhada do lançamento do CD e DVD comemorativo.