Bandas de A-Z: Saiba a trajetória do All Time Low

Formação atual:
Alex Gaskarth – Vocalista e guitarrista
Jack Barakat – Guitarrista
Zack Merrick – Baixista e backing vocal
Rian Dawson – Baterista

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

História:
A história dessa banda de Baltimore, Maryland, começou em 2003, quando Alex Gaskarth, Rian Dawson e Jack Barakat deciriam criar o All Time Low. Juntaram-se à eles também, TJ Ihle e Chris Cortillio, que eram de uma banda que havia terminado recentemente. Após poucos meses, Tj e Chris resolveram voltar para a banda antiga e, então, Zack Merrick entrou no ATL, fazendo assim com que Alex assumisse o vocal e uma das guitarras, Jack sendo o outro guitarrista, ao lado de Zack no baixo e Rian nas baterias. E assim, em 2004 assinaram com a primeira gravadora, a local Emerald Moon Records.

- ANUNCIE AQUI -

Ainda em 2004 foi lançado o primeiro EP da banda, o “The Three Words to Remember in Dealing with the End“. Contendo quatro faixas, sendo elas “Hit the Lights (Tribute To A Night, I’ll Never Forget)”, “The Next Best Thing”, “Last Flight Home” e “Memories That Fade Like Photographs”.

- ANUNCIE AQUI -

No ano de 2005 o All Time Low lançou seu primeiro CD. O “The Party Scene” teve o selo da Emerald Moon Records e contém 13 faixas, sendo somente duas delas singles: “Circles” e “The Girl’s a Straight-Up Hustler”.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.
Em 2006, o último ano dos caras na escola, o ATL assinou, no mês de fevereiro, com a gravadora Hopeless Records e logo em seguida lançaram o segundo EP da banda, o “Put Up or Shut Up“. Com apenas 7 faixas na versão original e mais 2 faixas extras na versão Deluxe do iTunes (acústicas). O único single foi a música “Coffee Shop Soundtrack”. O vocalista Alex Gaskarth foi quem escreveu todas as letras presentes no “Put Up or Shut Up”.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.
Lançado em Setembro de 2007, produzido por Matt Squire e com o selo da Hopeless Record, “So Wrong, It’s Right” é o segundo álbum do All Time Low. O álbum, com 12 faixas na versão oficial, teve como primeiro single a música “Six Feet Under the Stars”. Logo sem seguida, “Dear Maria, Count Me In” e “Poppin’ Champagne”. Na faixa “Remembering Sunday”, que apesar de não ser single, é bastante conhecida, a cantora Juliet Simms, da Automatic Loveletter, canta ao lado da banda. No Japão o álbum tem duas faixa bônus e acústicas, sendo elas “Break Out! Break Out!” do EP “Put Up or Shut Up” e “Stay Awake (Dreams Only Last for a Night)”. Já na versão delux do iTunes, que foi lançada em julho de 2008, somente 7 faixas do álbum estão incluídas, sendo algumas acústicas e outras com videoclipes.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.
Nothing Personal“, lançado em julho de 2009, é o terceiro álbum de estúdio da banda. Foi o primeiro álbum do All Time Low a entrar no Top 10, em quarto lugar da Billboard 200 logo na semana de lançamento. O disco teve singles as músicas “Weightless”, “Damned If I Do Ya (Damned If I Don’t)” e “Lost in Stereo”. O primeiro single da banda foi lançado pouco antes do disco e esteve disponível para download pago na iTunes Store. Uma curiosidade sobre o álbum é que, durante as gravações, através de seus Twitters, os integrantes da banda postavam frases com a hashtag #nothingpersonal. Todos os fãs os acompanharam.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.
Em novembro de 2009 a banda anunciou então que sairiam da Hopeless Records e assinariam com a Interscope Records. Após isso, em junho de 2011 foi lançado o mais recente álbum do All Time Low, o intitulado “Dirty Work“. Este álbum contém 12 faixas na edição padrão e 16 na edição Delux. Dentre elas, apenas 3 são singles: “I Feel Like Dancin'”, “Forget About It” e “Time Bomb”. Este álbum também entrou na Billboard 200, ocupando a sexta posição logo na primeira semana de vendas, porém tem um som diferenciado dos demais álbuns do ATL.

- PUBLICIDADE -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Atualmente, através de seus Twitters oficiais, os integrantes da banda já anunciaram que estão gravando um novo álbum. O mesmo ainda não tem nome e nem mesmo uma data de lançamento.

- ANUNCIE AQUI -

Extras:
Em fevereiro de 2010 a banda lançou o “MTV Unplugged”, um CD de uma performance na cidade de Nova York. Nele estão músicas do álbum “Nothing Personal” e “So Wrong, It’s Right”, com canções como “Damned If I do Ya, Damned If I Don’t”, “Dear Maria Count Me In”, “Weitghless”, “Remembering Sunday”, entre outras.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Em maio do mesmo ano, também aconteceu o lançamento do “Straight to DVD”. Há uma versão com o CD que possui 15 faixas, sendo que “Remembering Sunday” conta com a participação de Juliet Simms da banda Automatic Loveletter. Esse CD contém músicas como “Six Feet Under The Stars”, “Jasey Rae”, “Therapy”, e mais. A versão Standard possui um CD com o áudio completo do show de Nova York, um DVD com o documentário do show de Nova York, o show completo e outras cenas.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

All Time Low no Brasil:
A primeira passagem da banda pelo Brasil foi no ano de 2011, no mês de janeiro. Nesta turnê, 8 cidades brasileiras receberam a banda, sendo elas: São Paulo, Campinas, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Guarujá e Florianópolis. O show da cidade de São Paulo foi o maior da banda, com 6,000 pessoas no público. Após isso, porém, esse recorde já foi quebrado.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

A segunda passagem da banda por nosso país acontece no mês de Maio de 2012 Com uma única apresentação, por escolha da banda, no dia 20 de maio em São Paulo (informações aqui), acontece a turnê de divulgação do álbum Dirty Work.
Segundo o All Time Low, no ano de 2013 eles voltarão para uma turnê completa pelo país.

Curiosidades:

- ANUNCIE AQUI -
  • O nome “All Time Low” veio da música “Head On Collision”, do New Found Glory.
  • A primeira música escrita pelo All Time low, já formado, foi “My Paradise”.
  • Nenhum membro da banda é vegetariano, mesmo já tendo participado de propagandas para o Peta.
  • No álbum “Nothing Personal”, nenhuma faixa foi inteiramente escrita pela banda. Todas as faixas foram co-escritas com os produtores das músicas.
  • Antes de nomear o “Straight To DVD”, eles pensaram em chamar o CD/DVD de “We Can Do It Live”
  • Rian e Jack trabalharam no mesmo restaurante, “Rita’s Italian Ice”. Jack foi despetido e Rian chegou a ser promovido à gerente.
  • “Dear Maria, Count Me In” foi escrita para uma amiga de Alex que virou stripper.
  • “Lullabies” é sobre o irmão de Alex que se suicidou.
  • Alex disse em uma entrevista que não conseguia escrever música para o CD “Nothing Personal”, foi só quando ele compôs “Weightless” que ele se desbloqueou e conseguiu compor as outras músicas do álbum.
  • Time Bomb originalmente foi escrita por Chuck e Pierre da banda Simple Plan, para seu novo álbum, mas o produtor Matt Squire acabou mostrando a canção para Alex e o Simple Plan concordou que ela era mais o estilo do All Time Low e, depois de algumas modificações com Alex, cederam a música para o álbum Dirty Work.
  • A banda fez cover da música “Umbrella”, da Rihanna, para a coletânea Punk Goes Crunk.
  • “Damned If I do Ya (Damned If I Don’t)” faz parte da trilha sonora do filme “American Pie 7 – O Livro do Amor”.
  • “Toxic Valentine” foi escrita para o filme “Jennifer’s Body” e “Painting Flowers” para “Alice no País das Maravilhas”.
  • O All Time Low fez um cover da música “Time To Break Up” do Blink 182 para o CD “A Tribute to Blink 182”.
  • Mark Hoppus do Blink 182 co-escreveu uma música com Alex, para o álbum “Nothing Personal”, porém, segundo o vocalista, a música não se encaixava com o resto do CD.
  • O guitarrista Jack carreca junto a seu microfone no palco, sutiãs dados pelas fãs.
  • A música “I Feel Like Dancing” foi co-escrita por Rivers Cuomo, vocalista da banda Weezer.
  • Alex Gaskarth canta o segundo verso da música “Freaking Me Out” do Simple Plan.
  • A música “Merry Christmas, Kiss My Ass” também tem um videoclipe (aqui).

Discografia:
The Three Words to Remember in Dealing with the End (EP) – 2004
The Party Scene – 2005
Put Up or Shut Up (EP) – 2006
So Wrong, It’s Right – 2007
Nothing Personal – 2009
Dirty Work -2011

Singles:
Circles” – The Paty Scene
The Girl’s a Straight-Up Hustler” – The Paty Scene
“Coffee Shop Soundtrack” – Put Up or Shut Up
“Six Feet Under the Stars” – So Wrong, It’s Right
Dear Maria, Count Me In” -So Wrong, It’s Right
“Poppin’ Champagne” – So Wrong, It’s Right
Weightless” – Nothing Personal
“Damned If I Do Ya (Damned If I Don’t)” – Nothing Personal
Lost In Stereo” – Nothing Personal
I Feel Like Dancin’” – Dirty Work
Forget About It” – Dirty Work
Time Bomb” – Dirty Work

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.