Maneva
Foto: Allison Ribeiro / Nação da Música.

Chegou o esperado dia para o fãs da banda Maneva! Nesta sexta-feira (28), foi divulgado o terceiro DVD da carreira deles, intitulado de “Acústico na Casa do Lago”, e você já pode ouvir o trabalho nas plataformas de streaming também.

As gravações aconteceram em julho deste ano, na Casa do Lago, que fica na Estância Alto da Serra em São Paulo. A equipe da Nação da Música, inclusive, esteve presente por lá e registrou diversas imagens, como você pode conferir aqui.

O DVD conta ainda com participações mais do que especiais de Rael no single “Sem Jeito”, Vitin, do Onze:20, em “Mil Promessas” e Gabriel Elias em “Corre Pro Meu Mar”. Você pode conferir os vídeos dessas e de mais performances na playlist que está localizada abaixo.

Nós conversamos com o percussionista Diego Andrade sobre os bastidores do DVD, como foi a escolha do repertório, os planos para o resto do ano e muito mais.

Entrevista por Marina Moia.

————————————————————————————- Leia a íntegra

- PUBLICIDADE -

Oi, tudo bem, Diego? Da última vez, conversei com o Tales [de Polli] e a Maneva estava prestes a gravar esse novo DVD, tinha toda aquela ansiedade gostosa antes da gravação em si. Agora o trabalho está pronto e o resultado ficou ótimo, tudo em menos de um ano. Como é a sensação de lançar esse DVD?
Diego: Acredito que a ansiedade continue a mesma, pra saber o que as pessoas vão achar. Foi muito legal, muito lindo o trabalho, mas a gente pensa também se vai agradar tanto os fãs quanto está agradando a gente. O trabalho está maravilhoso, então também estamos confiantes.

O local escolhido e o estilo de apresentação que vocês escolheram, tudo deixou bem intimista, bem mais próximo do fã, do público no dia. Como foram de fato as gravações do DVD? E como vocês se prepararam para esses dias?
Diego: O acústico já traz isso, de ser intimista, então a gente só quis manter o padrão. A preparação foi intensa! Foram 5 ou 6 meses de ensaio, de pré-produção. A gente quis trazer pros fãs a sensação do que a gente tinha quando começou a banda, que a gente tocava nos bares, voz e violão, percussão. Então acho que é isso…. esse clima intimista, a preparação foi bem árdua, como em todo trabalho de DVD. A gente faz tudo ao vivo, diferente de algumas outras bandas, pra ficar tudo redondinho.

Tem alguma história divertida dos bastidores que pode nos contar?
Diego: História divertida dos bastidores? Bom, a nossa vida, do Maneva, é sempre tudo muito engraçado e a gente acaba se perdendo nas histórias do pessoal [risos]. Mas acho que não tem nada marcante assim pra falar, na verdade.

O importante é que não teve nenhum problema ou perrengue nesses dias então né?
Diego: Isso! Quer dizer, a gente teve um problema sim, que foi a greve dos caminhoneiros, que fez com que a gente adiasse tudo. Perdemos uma participação nessa alteração de data, por conta de agendas. Esse foi o único problema que a gente teve, mas nos dias lá foi tudo muito maravilhoso.

- PUBLICIDADE -

A direção ficou por conta do Rodrigo Giannetto. Como funcionou essa parceria entre ele e a banda? Teve bastante colaboração entre vocês?
Diego: Nessa parte, a gente sempre palpita bastante e dá nossa opinião. O Rodrigo já havia feito nossos dois últimos clipes, “Pisando Descalço” e “Tô de Pé”. Então a gente decidiu continuar trabalhando com ele nesse outro projeto, até porque vimos que estávamos fechando um ciclo. Ele já vinha de outros trabalhos de renome, gravou aquele acústico do Natiruts, então nós gostamos bastante da referência dele, do estilo de trabalho dele e decidimos continuar trabalhando juntos, dessa vez no DVD.

Falando em parcerias, vocês escolheram o Gabriel Elias, o Vitin e o Rael como convidados desta vez. Como foi trazer esses músicos, e amigos, pro palco? Como surgiram os convites/ideia de chamá-los?
Diego: Foi bem natural! Eles são bem nossos amigos, de estrada, do dia a dia. O Gabriel Elias está sempre com a gente também, ele mora muito perto do nosso estúdio, é parceiro de composições, de duas ou três faixas, acredito eu, desse DVD.

Então foi bem natural. São pessoas gente fina demais, que a gente gosta e admira o trabalho deles, e vieram pra somar nesse trabalho que ficou muito lindo.

Como é um trabalho que ficará registrado pra sempre, imagino que a escolha da setlist, do repertório, tome bastante tempo da banda. Como foi desta vez? Foi fácil ou difícil escolher essas 19 músicas?
Diego: Dessa vez foi mais fácil! A gente penou mais no DVD anterior, o Ao Vivo em São Paulo, mas esse foi mais tranquilo porque fomos meio que por eliminação. A gente quis trazer uma músicas Lado B, que não tínhamos gravado naquele em São Paulo, demos destaque para as faixas inéditas, que a gente trouxe pra esse trabalho.

E fizemos uma regravação do Art Popular, da música “Utopia”. A gente nunca tinha regravado uma música de outro artista e, como a gente gosta bastante dessa, sempre cantava nas viagens, nos ônibus, nos camarins, decidimos colocar ela.

- PUBLICIDADE -

Depois desse lançamento, que o DVD finalmente estiver ao alcance dos fãs, quais são os planos futuros da banda? Onde os fãs devem ficar ligados?
Diego: Bom, tem que ficar ligado em todas as nossas redes sociais. A gente espera que esse trabalho dê muitos frutos, como o trabalho anterior deu. Que a gente consiga rodar o Brasil inteiro apresentando esse acústico. Já tem trabalho pronto também que podem esperar que logo mais estará aí na área!

Vai ter trabalho inédito em breve então?
Diego: É, mais pra frente! Tem uma animação em curta metragem, com faixas inéditas, e já está pronto. Já estava até antes mesmo da ideia do acústico, mas decidimos fazer o DVD antes. Acredito que em 2019, 2020 nós lançamos essa animação.

Gostaria de mandar recado pros leitores do Nação da Música e pros fãs do Maneva?
Diego: Quero agradecer a atenção de todos. Mandar um grande abraço pros leitores do Nação da Música, que sempre nos acompanham e nos dão um espaço maravilhoso. Um beijo no coração de todos!

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte Maneva, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram. Ouça o “Acústico na Casa do Lago” abaixo: