No dia 25 de março, o grupo Metronomy irá se apresentar no palco do Lollapalooza Brasil, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Além dos sucessos da carreira, o grupo britânico apresentará músicas do álbum de 2016, intitulado “Summer 08”.

Nação da Música conversou com o líder da banda, Joseph Mount, sobre o show no nosso país, a produção do disco e também sobre a colaboração com a cantora Robyn.

Entrevista feita por Marina Moia.————————————————————————————————————— Leia a íntegra

O Lollapalooza Brasil está quase chegando! O que você pode nos contar sobre o show que irão performar no festival?
Joseph: 
Sim, eu estou muito empolgado! Todas as vezes que vamos ao Brasil acaba se tornando o destaque do ano inteiro para nós. Na verdade estamos todos loucamente animados para voltarmos logo e tocar para vocês. Como já faz um tempo que não vamos, acredito que teremos um “set” bem diferente, com músicas novas. Será incrível!

Conhece ou gosta algum artista brasileiro?
Joseph: 
Não sou muito bom com músicas atuais, na verdade. Mas sei que gosto do som de jazz latinoamericano, que acaba me influenciando porque eu costumava tocar percussão. Então acabei aprendendo bastante sobre os ritmos, sobre a percussão em si. Eu conheço a cultura [do Brasil], mas não sei de artistas específicos.

“Summer 08” é uma sequência de “Nights Out”, certo? Por que levou 8 anos e dois discos entre eles para essa continuação sair do papel? Qual a conexão entre os álbuns?
Joseph: 
Eu queria fazer um disco que reconhecesse aquele período de tempo que havia passado. Depois de “Nights Out”, não queria fazer um álbum [em seguida] com o mesmo tipo de abordagem que eu já havia feito. Eles soam bem diferente, são como irmãos, ou algo do tipo.

- PUBLICIDADE -

Metronomy já está quase com 20 anos de carreira. Quais são as maiores diferenças no processo criativo e de gravação desde então?
Joseph: 
Acredito que tudo está diferente, na verdade. Bom, eu ainda tenho uma abordagem “tranquila” com as músicas, o que me faz não ser tão tradicional na hora de compor as faixas. Acho que nesses anos, meu gosto musical mudou, minhas habilidades… Antes eu era mais como um menino e agora sou mais como um homem, mas provavelmente ainda não sou realmente um homem [risos]. Estamos simplesmente mudando, toda hora, ao meu ver.

Como foi trabalhar com a cantora Robyn na faixa “Hang Me Out To Dry”?
Joseph: 
Foi muito legal! Ela é alguém por quem sempre tive muito respeito e acredito que ela é uma influência muito grande para as novas popstars do mundo, como Taylor Swift e Katy Perry. Muito do que essas artistas mulheres são hoje vem da Robyn. Eu queria isso há muito tempo e sempre tentei arranjar tempo para essa colaboração e conseguir convida-la para participar da música. Eu nunca tinha tido uma convidada numa canção antes, então isso foi bem legal.

Com quem você gostaria de trabalhar no futuro?
Joseph: 
Eu gostaria de trabalhar com muitas pessoas diferentes. Quero muito trabalhar com uma banda, uma banda jovem, mas ainda não sei quem direito. Eu ficaria extremamente feliz e surpreso de trabalhar com alguém do calibre da Rihanna, por exemplo. O que mais quero hoje é trabalhar com quem é novo e jovem e que não é esperado pelos ouvintes, ou que ainda não foi nem descoberto.

O que podemos esperar da Metronomy em 2018? Novo disco, singles, turnês?
Joseph: 
Obviamente temos os shows na América do Sul, temos alguns na América do Norte, e dai quero terminar um novo disco. Então vamos ter músicas novas, vídeos novos, e todas essas coisas.

- PUBLICIDADE -

Você pode nos contar um pouco sobre esse material novo que irá lançar?
Joseph: 
Quero fazer coisas que soem modernas, que soem como 2018. Acho que nós mudamos bastante, desde o contrato com a gravadora e todo esse “mundo dos sonhos”. Estou tentando fazer músicas que funcionem neste novo mundo.

Gostaria de mandar uma mensagem para os fãs brasileiros?
Joseph: 
Sim! Mal podemos esperar para chegar e ver vocês! Já faz muito tempo e sentimos muita falta. Nos veremos em breve!

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Metronomy, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!