Entrevista: R5 fala sobre show no Brasil e novo single “Hurts Good”

Composta por quatro irmãos e um amigo da família, a banda R5 tem tudo para se destacar muito no cenário pop. O grupo americano já lançou dois discos de estúdio, mas um dos lançamentos mais recentes é o EP “New Addictions”, deste ano, onde mostram uma bela evolução musical.

Ainda em 2017, os americanos lançaram o single “Hurts Good” em setembro e se preparam para voltar ao Brasil para show único em São Paulo, no dia próximo dia 26. A Nação da Música conversou com Ryker Lynch sobre as expectativas para o retorno ao país, suas inspirações e também sobre os projetos paralelos dos integrantes.

Entrevista feita por Marina Moia.

————————————————————————————————————— Leia a íntegra

Logo R5 estará no Brasil novamente! Estão empolgados? O que os fãs podem esperar desta vez?
Ryker: Muito, muito, muito empolgado! Brasil provavelmente está no nosso Top 3 de países para se apresentar. Eu amo! Sempre temos momentos maravilhosos e ótimas lembranças dos shows. Os fãs podem esperar o costumeiro show do R5 cheio de energia, mas nunca se sabe o que pode acontecer. Nós gostamos de manter tudo espontâneo e você tem que estar lá para testemunhar o evento pessoalmente. Será especial!

Não é a primeira vez da banda aqui no país. Lembra de alguma palavra em português? Ou de alguma comida que quer comer novamente?
Ryker: Sabe o que? Eu sou um grande fã de caipirinhas! Eu sou apaixonado por elas! Assim que eu chegar no hotel, eu com certeza vou pedir por caipirinhas.

Sobre falar alguma palavra em português, eu ainda estou tentando aprender inglês, para ser sincero [risos]. Mas eu sei “obrigado”.

Você pode nos contar mais sobre o novo single, “Hurts Good”, que foi lançado em setembro? É uma prévia do trabalho que está por vir?
Ryker: “Hurts Good” é super eletrônica e dançante, com um pouco de island groove. R5 é uma banda que está constantemente mudando, então não posso dizer com certeza que essa é a vibe dos nossos próximos lançamentos. Mas eu acho que sempre estamos querendo surpreender e fazer algo que não é exatamente o esperado. Dito isso, o que virá a seguir provavelmente será diferente, mas ainda terá nossa vibe. “Hurts Good” é divertida e é bem interessante ao vivo porque soa diferente. A banda realmente gosta dela.

R5 também lançou um EP em 2017, “New Addictions”! Ele soa mais maduro e diferente dos trabalhos anteriores. Como foi o processo criativo e de gravação desta vez?
Ryker: Desta vez, foi tudo feito basicamente na nossa casa. Rocky ajudou a construir um estúdio na casa e ficamos por lá escrevendo, Ross gravou todos os vocais lá mesmo. Hoje em dia, você consegue fazer quase tudo no seu notebook. Foi divertido, relaxante e não foi muito complicado.

O que mais mudou na banda desde quando vocês começaram, com o disco “Louder”, até agora, com o mais recente single “Hurts Good”?
Ryker: Acho que o que mais mudou é que estamos muito mais soltos e nos importamos mais, individualmente, com o que somos realmente bons. Compor, por exemplo, eu não escrevo quase nada porque não sou tão bom quanto os outros integrantes. Agora, ao invés de tentar me incluir, eu simplesmente deixo eles comporem e ajudo um pouco no final do processo. Mas quando se trata de montar os shows ao vivo, eu sou realmente bom nisso. Sou focado e tenho a energia para fazer isso e eles todos me deixam com essa parte. Já com ideias de marketing e fotos, deixamos o Rydel cuidar dessa parte e o restante de nós não nos preocupamos. Nós focamos no que somos bons.

O que você tem mais ouvido ultimamente? O que te influencia musicalmente?
Ryker: Não posso dizer que músicas novas têm me influenciado muito ultimamente, mas eu amo voltar e ouvir meus antigos favoritos que eu não ouvia há um tempo. Crowded House tem sido uma banda que eu ouço muito e sempre foi uma influência sólida para nós. Com música nova, tudo é muito rápido e vai e volta muito instantaneamente. Às vezes é legal sentar e ouvir um disco que você ouvia quando era criança e relembrar aqueles momentos da música.

Existe algum artista ou banda com quem você gostaria de gravar algo no futuro?
Ryker: Nós recentemente fomos num show do Bruno Mars… musicalmente falando, ele é o melhor! Vimos um show dele em Los Angeles e eu amaria fazer uma música com o Bruno Mars. Ele é absolutamente fenomenal, tem ótimas músicas, é um grande compositor, um artista fantástico. Foi um show tão bom. Ele seria a minha primeira opção, se tratando de colaborações.

Além da R5, vocês possuem vários projetos paralelos, especialmente atuação. Como vocês administram tudo isso?
Ryker: A boa notícia é que, uma vez que você termina de gravar o filme, você está basicamente livre, exceto por algumas turnês promocionais ou coisas do tipo. Sabemos quando vamos fazer turnês com a banda e é simplesmente uma questão de organizar as agendas de todo mundo.

Por último, gostaria de mandar uma mensagem aos fãs brasileiros que estão esperando pelo show da R5 aqui?
Ryker: Nós estamos muito animados para voltar ao Brasil e ver todos vocês! Eu sei que é um dos meus lugares favoritos para se estar e sei que iremos ter uma ótima viagem. Espero que todos consigam ir ao show e venham dizer oi!

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte R5, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

COMPARTILHAR
Marina Moia

Jornalista, bauruense de coração e apaixonada por música desde que se conhece por gente. Viciada em séries, amante de livros e colecionadora de batons coloridos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!