Entrevista: The Used fala sobre sétimo disco da carreira, “The Canyon”

Formada em 2001 nos Estados Unidos, a banda The Used se prepara para lançar o sétimo disco da carreira, intitulado “The Canyon”. O trabalho chegará às lojas e plataformas de streaming no dia 27 de outubro, mas já se pode ouvir o primeiro single, “Over and Over Again” pelo Spotify, Apple Music e Deezer (assista ao videoclipe no final da entrevista).

O disco, sucessor de “Imaginary Enemy” de 2014, é o primeiro do grupo com a participação do novo integrante Justin Shekoski e o primeiro a ser produzido por Ross Robinson.

Nação da Música conversou com o baixista Jeph Howard sobre o próximo álbum, o videoclipe de “Over and Over Again” e também sobre uma possível vinda ao Brasil.

Entrevista feita por Marina Moia.

————————————————————————————————————— Leia a íntegra

Logo o novo disco, “The Canyon”, será lançado. O que os fãs podem esperar das novas músicas?
Jeph: 
O disco mais foda em que já trabalhamos! Eu não fico tão empolgado assim com música que criamos desde nosso primeiro trabalho.

Ross Robinson produziu o disco. Como foi trabalhar com ele pela primeira vez?
Jeph: 
Há mais de 15 anos que eu queria trabalhar com Ross. Sua visão sobre música e sua vibe nas gravações é incrível. Ele quer o que nós queremos como uma banda; a combinação de alma, coração e energia pura.

Vocês também contam com um novo membro na banda, Justin Shekoski, e é o primeiro álbum dele com o The Used. O que ele trouxe para a mesa?
Jeph: 
Ele é extremamente apaixonado e um músico incrível. Ele também trouxe um fogo feroz e um pouco de mágica que The Used não tinha antes. Tem sido muito divertido tocar com essa nova formação.

“Imaginary Enemy” é de 2014 e com o primeiro single de “The Canyon” nós podemos ouvir um som diferente vindo deste novo disco. O que mais mudou desde 2014?
Jeph: 
Tudo que nós gravamos no passado é tudo vindo diretamente do coração, mas em tudo falta uma parte muito importante. Alma. “The Canyon” transborda de alma.

Tem algum música em específico que você está empolgado para as pessoas ouvirem?
Jeph: 
Jesus Cristo, sim! A complexidade dessas músicas são muito fodas. As composições e melodias do Bert [McCracken] são perfeitas, enquanto cada instrumento parece como se tivessem dado um tiro de espingarda no estômago. Sem mencionar todos os incríveis músicos com quem temos tocado em todo esse disco.

O videoclipe de “Over and Over Again” é um pouco bizarro, eu diria. Vocês têm envolvimento no processo criativo dos vídeos que divulgam?
Jeph: 
Sim, nós trabalhamos com a diretora [Lisa Mann] algumas vezes. Ela é incrível. Bert também coproduziu esse vídeo.

Como foi gravá-lo?
Jeph: 
Muito divertido, até mesmo as partes com a meleca rosa. O coreógrafo Will é incrível.

Quais bandas e artistas inspiraram vocês durante o making of de “The Canyon”?
Jeph: 
The Used. Honestamente. Nós realmente fomos capazes de solidificar o The Used como uma banda.

Existe alguém com quem vocês gostariam de colaborar musicalmente? Quem?
Jeph: 
Claro, qualquer banda ou músico que estiver disposto a se soltar e mergulhar fundo.

Já fazem alguns anos desde que The Used tocou no Brasil. O que você lembra mais sobre a viagem e os shows aqui?
Jeph: 
Nós conversamos sobre como sentimos falta do Brasil e do resto da América do Sul muito frequentemente. Eu pessoalmente tive momentos muito divertidos e toquei em grandes shows aí. Até mesmo fiz uma viagem incrível para Jericoacoara a última vez que estivemos por aí…

Planejam voltar para o Brasil em breve?
Jeph: 
Espero muito que sim. Nós estamos tentando, mas só precisamos que nossos fãs nos ajudem a nos levar até aí!

Gostaria de mandar uma mensagem para os fãs brasileiros?
Jeph: 
Roube este álbum e escute com fones de ouvido, depois mostre para todo mundo que você conhece. Nós queremos que esse disco seja ouvido por todos.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte The Used e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.


COMPARTILHAR
Marina Moia
Jornalista, bauruense de coração e apaixonada por música desde que se conhece por gente. Viciada em séries, amante de livros e colecionadora de batons coloridos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!