Especial: The Voice USA (18) – as audições continuam

- PUBLICIDADE -
The Voice
Foto: Youtube.

Outra semana de The Voice começando! Nessa segunda-feira, mais alguns candidatos que se apresentaram na tentativa de garantir uma vaga nos times de Nick, Blake, John e Kelly. Vem acompanhar com a gente tudo o que aconteceu no último episódio.

A noite começou bem com a apresentação de Allegra Miles, que com apenas 16 anos tem uma habilidade e tanto não apenas vocal mas também instrumental, já que levou com ela um piano para performar “Use Somebody”. Apenas Nick e Kelly se viram, mas a disputa entre os dois é acirrada. Por fim, Nick leva a melhor.

CammWess apresentou uma versão bem legal de “Earned It” e logo de cara conquistou John Legend, mas Blake não fica para trás e bem no finzinho da performance também decide virar sua cadeira. Já que aparentemente CammWess se identifica bastante com o R&B, não ficou muito difícil de imaginar que sua escolha seria o Team Legend.

Vindo de uma família de músicos, Joei Fulco tem bastante ao provar e escolhe “Gypsies, Tramps and Thieves” para esta tarefa. Ela é uma artista country e antes mesmo que tivesse alguma oportunidade, Blake bloqueia Nick e automaticamente conquista a jovem para seu time, uma vez que nenhum outro técnico virou sua cadeira.

E mais uma vez Nick e Kelly ficam frente a frente para disputar uma candidata. Desta vez foi Sara Collins, de 18 anos, que cantou “Johnny e June”. Os outros técnicos apontaram problemas de afinação, e mesmo diante disso Sara consegue uma vaga no Team Kelly e dispens Nick Jonas.

E vamos para mais uma artista country, para a felicidade de Shelton e Clarkson. Samantha Howell escolhe “Take It On The Run” para sua apresentação, e Kelly se apressa para bloquear Blake, mas sua disputa vem do lado de Jonas. Após, novamente se enfrentarem, Clarkson é a grande escolhida por Samantha.

Com uma história de vida emocionante e bastante dedicado à familia, Jamal Corrie sobe ao palco do The Voice com “Be Alright”, e mostra potencial suficiente para conquistar a atenção de Blake. O cantor é o único a apertar seu botão portanto Jamal vai automaticamente para seu time.

Com uma bela voz e um histórico militar, Samuel Wilco sabiamente escolhe a emocionante “Lately” para se apresentar e novamente, somente Kelly e Nick viram suas cadeiras. Eu sinto que essa poderia ter sido uma performance para os quatro técnicos, mas de qualquer maneira, quem se dá bem nessa é Nick Jonas.

Para encerrar a noite, a belíssima apresentação de Thunderstorm fecha mais uma noite de audições. Com “Blackbird”, ele consegue uma performance íntima e forte ao mesmo tempo, e obviamente os quatro técnicos apertam seus botões. É uma disputa acirrada, mas John Legend sai na frente e conquista Thunderstorm para seu time.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam The Voice, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - clique aqui e cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -