Especial: The Voice USA (19) – Confira como foi a premiere

The Voice
Foto: Youtube.
Mar Aberto
Mar Aberto

Mais uma temporada de The Voice começa e com ela todas as novidades que fazem do reality ainda interessante depois de tanto tempo.

Nesta 19ª temporada, Gwen Stefani retorna à sua cadeira de jurada para completar o quarteto formado por Blake Shelton, John Legend e Kelly Clarkson.
Outras pequenas mudanças que não poderíamos deixar de mencionar são as medidas de segurança adotadas pelo programa, que encerrou sua última temporada de maneira remota.

As atividades voltaram a ser realizadas no estúdio, mas somente os técnicos e os participantes estarão presentes fisicamente – e nenhum contato pode ocorrer entre eles. A plateia e os familiares dos concorrentes marcarão presença virtualmente.

O programa já começou à toda com a participação Tamara Jade, que selecionou a difícil canção “Cuz I Love You”, interpretada originalmente por Lizzo. A mistura de rap composta na faixa faz com que Tamara mostre sua versatilidade e chame a atenção dos técnicos. Com a proesa de ter sido a primeira da temporada a conseguir as quatro cadeiras, ela se torna bem disputada mas é John Legend quem escolhe.

Mar Aberto
Mar Aberto

Em seguida vemos a jovem Lauren Frihauf, de apenas 16 anos, interpretando “Come To My Window”, de Melissa Etheridge. Com um vocal bem maduro, Lauren conquista John e Gwen, que naquele momento entram numa batalha. Após um tanto de argumentos em prol de conquistar a participante, é Gwen quem leva a melhor e a conquista para o seu time.

O próximo candidato a subir ao palco foi Joseph Soul, que optou pelo clássico “Is This Love”, do saudoso Bob Marley. Com uma versão um pouco mais adaptada ao R&B, Kelly e Blake se interessam pela qualidade única que Joseph tem a oferecer, mas é Clarkson quem parece lutar mais e se percebe que Soul tem a mesma ideia. No fim, é ela quem leva o cantor para integrar sua equipe.

Ian Flanigan, de 30 anos, decidiu performar “Colder Weather”, Zac Brown Band, e obteve apenas uma cadeira virada: a de Blake. É possível enxergar a animação do participante ao perceber que ele está entre um dos selecionados e que fará parte do Team Blake. Por sua sonoridade fica claro que ele escolheria Shelton mesmo se tivesse outras opções disponível.

Jim Ranger é o próximo participante e já chega com tudo ao mostrar seu som com “Blue Ain’t Your Color”, de Keith Urban. Fica fácil perceber para onde ele está mirando, mas isso não intimida que John e Gwen virem suas cadeiras além de, obviamente, Blake. Apesar de ter sido o último, Shelton é quem tem mais força sobre o candidato e como já havíamos predito, leva ele para seu time.

É sempre interessante ver participantes arriscando ao escolher uma música de outro idioma, e isso parece instigar também os técnicos. Eli Zamora leva “Ya Lo Sé Que Tú Te Vas”, de Juan Gabriel, com muito orgulho ao The Voice e mostra que possui um alcance espetacular. Somente Kelly se vira, mas isso não impede que Gwen também rasgue elogios à performance.

Audições em que o vocal parecem distintos da aparência são um dos melhores momentos do programa. Com “Call Out My Name”, do The Weekend, Payge Turner expressa toda a sua personalidade sem medo de inovar. Gwen e Blake apertam seus botões e se mostram impressionados com o que veem. Gwen mostra bastante força já no primeiro episódio ao ganhar a maioria das disputas, e desta vez não é diferente.

Marisa Corvo, de 33 anos, tem uma história de vida que envolve muitos obstáculos superados, o que a faz vir com mais força na audição. Sua escolha não foi muito original, ela optou por “Perfect”, de Pink, mas não podemos negar que a canção diz muito sobre tudo o que já viveu. De qualquer maneira, Kelly se mostrou interessada e conquistou Marisa para o seu time.

E para fechar o primeiro dia de audições, já sabemos que teremos algo impactante. John Holiday sobe ao palco ao som de “Misty”, de Johnny Mathis. Seu alcance vocal é incrível e impressiona a todos os técnicos, fazendo com que John, Gwen e Kelly tentem a sorte. A último, no entanto, fica longe da disputa por ter sido bloqueada por Legend. Frente a frente com Stefani, é ele quem consegue arrematar o participante para o Team Legend.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam The Voice, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

Mar Aberto
- PUBLICIDADE -