Família de Michael Jackson condena o documentário “Leaving Neverland”

A família de Michael Jackson está furiosa com o documentário “Leaving Neverland”, em comunicado dado nesta segunda-feira (28). O filme, apresentado na última sexta-feira (25) no Festival de Sundance, nos Estados Unidos, renova acusações de abuso sexual de menores contra o cantor.

A família lembrou que, antes de sua morte em 2009, o cantor havia sido amplamente investigado em uma apuração que incluiu uma incursão no rancho Neverland – sua propriedade na Califórnia – além de um julgamento criminal vinculada a outro adolescente, pelo qual o cantor foi absolvido da acusação.

Michael sempre dava a outra face, e nós também demos a outra face quando as pessoas iam atrás de membros da nossa família. Isso é o que os Jacksons fazem“, disse a família no comunicado. “Michael não está aqui para se defender, caso contrário, essas acusações não existiriam“, acrescentou a família.

O novo documentário de quatro horas, lançado na HBO no final do ano passado, incluiu o testemunho de Wade Robson e James Safechuck, que chocaram os telespectadores do festival de Sundance. Os dois, agora com 30 anos, acusam Jackson de abusar deles quando tinham 7 e 10 anos de idade.

Antes da apresentação do documentário, a família do cantor disse que o filme era uma “tentativa patética de explorar e tirar vantagem de Michael Jackson”.

“Se há algo que aprendemos durante esse tempo em nossa história, é que o abuso sexual é complicado e as vozes dos sobreviventes devem ser ouvidas“, disse ele o diretor Dan Reed. No lançamento do filme, muitos fãs estiveram em frente ao cinema de Sundance em protesto contra o documentário. O dançarino que o acusou de estupro também esteve presente.

- PUBLICIDADE -

Jackson morreu em 25 de junho de 2009 e enfrentou múltiplas alegações de abuso sexual infantil durante sua vida. Além de ter sido absolvido em 2005, o artista pagou US$15 milhões em 1994, em um acordo judicial por alegações relacionadas a outra criança.

Em resposta ao filme, o sobrinho de Michael, Taj Jackson que já havia se posicionado nas redes sociais, pretende lançar um novo documentário provando a inocência do tio. Nessas últimas semanas ele tem angariado fundos para fomentar a defesa do cantor.

Assista no topo da página cenas do polêmico documentário “Leaving Neverland”

- PUBLICIDADE -
Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Michael Jackson, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!