FINNEAS lança seu álbum de estreia, o delicado “Optimist”

Finneas
Divulgação

Depois do lançamento de vários singles desde 2016, um EP em 2019 e duas faixas promocionais desse novo projeto, o cantor e produtor FINNEAS soltou seu primeiro álbum de estúdio oficial nessa sexta-feira (14). “Optimist” conta com treze faixas e traz as canções previamente lançadas “A Concert Six Months From Now” e “The 90’s”, sobre as quais você pode ler aqui e aqui na Nação da Música.

Trazendo muita sinceridade e um som completamente diferente do utilizado por ele quando produz e compõe para sua irmã, a superestrela Billie Eilish, o novo disco de FINNEAS é uma “história que estou tentando contar somente com as letras”, falou o artista em entrevista à publicação irlandesa The Irish Times – então nada de produções engolindo as mensagens melancólicas que o cantor quer passar em seu LP.

- ANUNCIE AQUI -

Para escutar o álbum de estreia de FINNEAS, o “Optimist”, você pode ir até o player ao fim dessa matéria ou clicar aqui para ouvi-lo em sua plataforma de streaming favorita.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam FINNEAS, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

- ANUNCIE AQUI -


Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui. Siga a NM no Instagram e Twitter

Pedro Paulo Furlan
Pedro Paulo Furlan
Estudante de jornalismo, não-binárie e apaixonade por música. Sempre aberte para ouvir qualquer gênero, artista ou década. O universo do pop, principalmente hyperpop, k-pop e synthpop, é onde eu vivo e sobrevivo.