George Ezra fala sobre novo disco e inspirações em entrevista

George Ezra
O cantor George Ezra revelou em entrevista para a NME divulgada na última segunda-feira (19) algumas novidades sobre o seu próximo álbum e a fase que entrou após estourar na carreira musical.

Questionado sobre o foco de suas novas músicas, ele revelou que “tenho trabalhado duro para mostrar sobre o que elas são, porque não quero que seja entendido da maneira errada. Não quero dizer que é legal as pessoas darem as costas para os problemas do mundo. Eu estou escrevendo as músicas para mim mesmo. Não acho que tenho a resposta pra tudo. Só penso que alguns de nós não está fazendo um favor estando constantemente envolvido nas coisas”.

Ezra também revelou que as canções mostram a fase que ele passou entre o sucesso que fez anteriormente e a produção deste álbum. “Escrever um álbum me ensinou que ninguém tem a resposta. Pela primeira vez, eu me vi como uma pessoa ansiosa. Eu me convenci que só eu era assim, que outras pessoas seriam capazes de dizer o que se passava em minha cabeça. Mas eu percebi que ninguém sabe. Uma vez que comecei a falar com meus amigos sobre isso, entende que não era só eu. Toda geração se dá o privilégio de pensar ‘não é muito difícil pra nós hoje? Não seria melhor voltar no tempo?”.

Por fim, ele ainda comentou sobre sua canção recém-lançada, “Don’t Matter Now“, e o videoclipe que contou com a participação especial de um cachorro. “O cachorro tem um agente! E ele estava sendo mais cuidado do que eu. Ainda estou aprendendo sobre vídeos. Mas eu quis expressar um sentimento e acho que consegui (…) Eu escrevi essa música no final de 2015. Eu digo para o público que a escrevi quando o nosso maior problema era se o David Cameron esteve com um porco. Isso é uma piada. Mas é a verdade – essas eram as manchetes. E nos últimos 18 meses, a música fez sentido para mim.”

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte George Ezra, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

VIANME
COMPARTILHAR
Formada em jornalismo, considera a música uma de suas melhores amigas e poderia facilmente viver em todos os festivais. Bandas preferidas? McFLY e Queens of the Stone Age.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!