Ludmilla lança EP “Back To Be” como MC Beyoncé e divulga vídeos

Ludmilla
Foto: @RafaelStrabelli / Nação da Música.
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Nesta quarta-feira (23), iniciando os trabalhos de comemoração dos 10 anos de carreira, Ludmilla lançou o EP de funk “Back To Be”, trazendo de volta a MC Beyoncé, seu nome artístico quando começou a cantar.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Com seis faixas autorais, o projeto relembra o funk raiz no qual a cantora surgiu e que a deixou conhecida em todo o país. Uma delas, “Putari4”, é uma parceria com o rapper americano Akon, e outras duas, “Ai Maria” e “O Brunna”, foram inspiradas na esposa Brunna Gonçalvez, como já havíamos comentando aqui na NM. Já “Down, Down, Down” é um feat com MC Don Juan no qual a carioca canta grande parte da letra em inglês.

- ANUNCIE AQUI -

Todas as músicas de “Back To Be” terão clipes, que segundo Ludmilla foram gravados em um “Fervo da Lud”, festa privada tradicional da cantora que acontece em sua casa com amigos, mas que dessa vez foi aberta para a gravação do projeto. Até o momento já foram liberados os vídeos de “Tudinho”, “O Bruna” e “Foi Comigo” e os outros devem sair em breve. Assista aos videoclipes nos players no final desta publicação.

- ANUNCIE AQUI -

Para a Vogue, a carioca explicou o motivo de voltar as raízes neste momento e trazer consigo a MC Beyoncé:

- ANUNCIE AQUI -

É simples, eu tenho sempre na minha cabeça de onde eu vim, onde estou e onde quero chegar, mas o principal é não esquecer de onde vim. E, com isso, vem todo esse resgate do Funk, que foi o ritmo que primeiro me abraçou, que fez o negócio ficar sério. Atualmente o cenário atual Funk não está nos melhores dias e espero, de verdade, que o “Back To Be” seja o retorno não só da MC Beyoncé, mas também da luta pelo espaço que o gênero tanto merece, do amor que a gente tem pelo batidão e, principalmente, alimentar a esperança de quem vê nele uma arte e uma saída para um futuro melhor sim.

Ela também comentou sobre a dificuldade para chegar ao patamar em que está agora:

- ANUNCIE AQUI -

Eu era uma menina de 17 anos, com muitos sonhos, mas muito pouco recurso e, para completar, cantava um ritmo marginalizado, preta e da periferia. Mal sabia por onde começar, mas fui com a cara e a coragem e depois continuei com essa atitude de me meter e dar a cara a tapa. Não foi fácil. Muitos nãos que me desanimaram pelo caminho, mas sempre tive na minha família o amparo e apoio que eu precisei nesses momentos. E, de passinho em passinho, literalmente (risos), cheguei aqui. Continua desafiador, mas como disse antes, agora a etapa é outra e os desafios são diferentes.

Para finalizar, Lud afirmou que apesar das mudanças em sua vida, continua a mesma pessoa: “Quem é cria, nunca deixa de ser. Eu só passei a transitar em mais lugares, mas aquela lá do comecinho, continua aqui em mim.

- PUBLICIDADE -

Transitando por diversos gêneros musicais, Ludmilla lançou recentemente o seu novo álbum de pagode “Numanice 2”, o trap “Joga Duro” com Alok e Orochi e o pop “Café da Manhã ;P” com Luísa Sonza. Ouça o EP “Back To Be” no player na sequência.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Ludmilla, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

- ANUNCIE AQUI -


Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui. Siga a NM no Instagram e Twitter

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -
Estudante de Relações Publicas sempre vista com um livro na mão e o fone no ouvido.