Matt Sorum, ex-Guns N’ Roses, critica comício do presidente Trump

- PUBLICIDADE -

Matt Sorum

@nacaodamusica

O baterista Matt Sorum, conhecido por seu trabalho no Guns N’ Roses, utilizou as redes sociais neste sábado (20) para expressar seu descontentamento com o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Em um tweet, ele disse: “Músicos não estão permitidos a trabalhar e fazer turnês mas nosso presidente pode armar um comício para 20 mil pessoas em uma arena? Estou muito confuso!”. Confira a postagem original abaixo:

Matt se refere ao evento que aconteceu em Tulsa em suporte à campanha de Trump, e contou com um total de 19 pessoas. A maioria dos presentes não respeitava o distanciamento social ou usava máscaras de proteção.

Com números alarmantes no que diz respeito a pandemia da Covid-19, os Estados Unidos já ultrapassou mais de 100 mil mortes e um total de 2 milhões de infectados, sendo assim o país mais afetado pelo vírus.

Diversos outros artistas expressaram sua revolta com o evento, como Billie Eilish e a equipe de Tom Petty. O cantor, que faleceu em 2017, teve uma de suas canções utilizadas sem permissão.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Matt Sorum, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -