Melim e Alok lançam “Somos”, com doações feitas ao “Criança Esperança”

Melim
Foto: Sergio Blazer / Divulgação
- PUBLICIDADE -
Raízes da Mamma
- PUBLICIDADE -
Meu Funeral

Nessa sexta-feira (16), o trio Melim e o DJ Alok soltaram sua parceria “Somos”, feita a pedido da marca OMO para o projeto de caridade “Criança Esperança”. A canção de Melim e Alok está disponível em todas as plataformas de streaming e a cada vez que a música for escutada, será feita uma doação à campanha “Poder do SOMOS” do “Criança Esperança”, que pelo segundo ano consecutivo tem patrocínio da OMO.

- PUBLICIDADE -
Meu Funeral

A banda Melim relatou em nota, que pode ser lida completa aqui na NM: “Na verdade, a ideia de fazer um feat, um som junto com o Alok, já rolava antes disso, mas acabou acontecendo somente agora, da melhor maneira possível”. Além disso, ambos Melim e Alok afirmaram que foi uma oportunidade incrível trabalharem um com o outro – com o DJ comentando que: “Abraçar essa ideia com OMO, em uma união com Melim vai muito além da música”.

- PUBLICIDADE -

Melim e Alok consideram essa colaboração musical à causa filantrópica algo extremamente importante e esperam que “Somos” transmita ao ouvinte a mensagem da importância de doar e agir com solidariedade. No player ao fim dessa matéria você pode ouvir “Somos” de Melim e Alok, ou escutar à faixa na sua plataforma favorita clicando aqui.

- PUBLICIDADE -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Melim, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -
Estudante de jornalismo, não-binárie e apaixonade por música. Sempre aberte para ouvir qualquer gênero, artista ou década. O universo do pop, principalmente hyperpop, k-pop e synthpop, é onde eu vivo e sobrevivo.