Esta semana a coluna NM Apresenta traz uma das bandas mais populares de música pesada nos últimos anos. Estamos falando dos britânicos do Architects, grupo de metalcore formado em Brighton, em 2004, e que já possui seis discos lançados. O quinteto é formado por Sam Carter nos vocais, Tom Searle e Adam Christianson nas guitarras, Alex Dean no baixo e Dan Searle na bateria.

Conheça agora 5 razões para dar uma chance ao som do Architects.

1 – A voz de Sam Carter

Originalmente, Sam Carter não era o vocalista do Architects. Sam era baterista, e estudou bateria na Brighton Institute Of Modern Music. Na época, ele tocava em bandas locais, algumas delas com certo destaque na cena britânica. Em 2007, pouco tempo depois do lançar o seu álbum de estreia, “Nightmares”, o Architects se viu sem vocalista, após a saída Matt Johnson. Para ocupar o seu lugar nos microfones, os irmãos Searle em conjunto com os outros integrantes da banda, viram em Carter a melhor decisão para o posto. Mais do que sua voz marcante e versátil, Sam também caracteriza-se por sua marcante presença de palco, o que colabora diretamente para a ascensão do Architects.

2 – Rápido reconhecimento 

Em 2008, após o lançamento de dois álbuns e um Split com a banda Dead Swans, o Architects começou a alcançar um reconhecimento midiático, dentro dos disputados cenários britânicos e da música pesada. Em maio daquele ano o grupo assinou um contrato de 3 discos com a gravadora alemã Century Media Records. Casa de artistas como Arch Enemy, In This Moment e Suicide Silence, a Century Media acabou por consolidar ainda mais o nome do Architects entre os grandes nomes do metal, e suas variantes, na Europa. O grupo também foi a primeira banda britânica, desde o Napalm Death, a assinar com a label.

- PUBLICIDADE -

3 – Turnês e shows

Como já citado anteriormente, o Architects, além de sua sonoridade bastante marcante, tem uma performance ao vivo que chama bastante atenção. Sempre com performances energéticas, o grupo cativa novos fãs à cada apresentação em que é colocado. A banda tem sua história turnês históricas ao lado de grupos como Parway Drive, Bring Me The Horizon, August Burns Red e Converge, além de presença garantida nos mais importantes festivais do mundo. Além disso, o Architects lançou em 2013, com o auxílio de uma campanha de crowdfunding, o DVD “Onde Hundred Days: The Story Of Architects Almost World Tour”. O registro em vídeo acompanha a banda por diversos países do mundo e, além de contar com registros de performances, mostra o grupo interagindo com as mais diferentes culturas do mundo.

4 – Ativismo 

Todos os integrantes do Architects são vegans e adeptos da ideia de uma vida sem crueldade contra os animais. A banda inclusive gerou certa polêmica entre algumas pessoas após este poster, lançado para uma campanha do PETA, com as inscrições “Liberte-se: seja vegan”. A banda também é promotora do Sea Shepherd Conservation Society, uma ONG de conservação marinha. O vocalista Sam Carter é um dos embaixadores britânicos da organização norte-americana.

- PUBLICIDADE -

5 – Lost Forever // Lost Together 

Em março de 2014 o Architects lançou o seu mais recente disco. “Lost Forever // Lost Together” é o primeiro registro do grupo pela Epitaph Records, conhecida gravadora norte-americana fundada por Brett Gurewitz, do Bad Religion. O registro traz um Architects bem mais maduro e explorando mais as suas influências, sem medo do resultado. O álbum foi muito bem recebido pela crítica e eleito pela revista britânica Kerrang como o Melhor Disco de 2014.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades da Nação da Música! Ouça “Lost Forever // Lost Together”, o último e premiado disco de Architects!