Normani conta que sofreu racismo quando estava no Fifth Harmony

- PUBLICIDADE -

Normani

Na última quinta-feira (10), a Normani fez declarações sobre o racismo que sofreu enquanto estava no Fifth Harmony.

A cantora contou para a Billboard que ela era a única das integrantes a ser delegada a cantar os backing vocals nas canções, que gravar a música “No Way” foi difícil, e que às vezes, ela chegava a chorar durante as gravações dos álbuns. “Você se preocupa, ‘Sou eu? É por que eu sou negra? Ou apenas não sou talentosa?”, declara a ex-integrante sobre o que ela pensava nessas situações.

Normani também contou que “Elas tentavam estar ao meu lado da melhor maneira possível… Eu reconheço que elas estavam tentando estar lá por mim, mas ao mesmo tempo, elas não vivenciaram as coisas do jeito que eu vivenciei”.

Recentemente a norte-americana participou da música “Dancing With a Stranger” do cantor inglês, Sam Smith. Confira a matéria que a NM fez sobre, aqui.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Normani, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - clique aqui e cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -