Elza Soares
Foto: Patricia Lino

Veterana da música brasileira, Elza Soares lançou nesta sexta-feira (13) o disco “Planeta Fome”. A cantora reinventa-se sem deixar de fora os elementos característicos de seu estilo musical, concretizando a missão de entregar um sucessor para “Deus é Mulher”, álbum lançado em 2018.

A temática do álbum, assim como sugere o nome, gira em torno da fome no Brasil. Embora não seja novidade, o tema ainda é reflexo da atualidade. Devido à baixa em investimentos em políticas públicas, o país corre risco de voltar ao mapa da fome, após ser utilizado como exemplo de ascensão pela ONU.

Para debater o tema através da música, Elza convidou diversos artistas para colaborarem na obra. A começar pela capa, desenvolvida pela cartunista Laerte, que contou em entrevista a admiração pela artista: “Não sou profunda conhecedora de nada, mas convivo com a força da voz e da presença dela (Elza) desde os anos 1960. Uma pessoa decisiva na nossa cultura”. 

Para corroborar nas 12 faixas escolhidas, outros nomes de destaque estão presentes no álbum, como BaianaSystem, Orkestra Rumpilezz, Virginia Rodrigues, BNegão, Pedro Loureiro e Rafael Mike. O ator Lázaro Ramos, também colaborou para o projeto, ao escrever uma resenha encantado: “Entre agogôs e guitarras, Elza vai cantando tudo o que deseja e tudo o que tem fome. Fome de amor, de justiça, de força. E assim ela faz mais uma obra-prima sobre a atualidade – o que tem sido sua grande meta – objetivo conquistado com maestria”. 

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Elza Soares, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!


- PUBLICIDADE -