Playlist: O que estamos ouvindo? Kali Uchis, Emicida e mais!

Playlist
Arte: @Twcafotos / Nação da Música.
- PUBLICIDADE -
Melim
- PUBLICIDADE -
Maneva
Melim

Como nova colaboradora da Nação da Música e, como não poderia ser diferente, minha missão hoje foi montar uma playlist para me apresentar. Meu nome é Sofia Hermoso e não esperem menos do que o puro suco da mistura de gêneros musicais da minha parte.

- PUBLICIDADE -
Maneva

Escolhi as músicas que mais me marcaram ao longo de diferentes fases da minha vida. Algumas delas, confesso, eu não ouvia há um bom tempo até colocar nessa playlist. Então, vamos lá: sempre digo aos meus amigos que se um dia eu entrar no BBB, o tema da minha festa será anos 2000. Qualquer um que já conviveu um pouco comigo sabe que não consigo deixar Sandy & Junior no passado. Nunca tinha ido em um show da dupla até 2019, ano da turnê “Nossa História” e iria novamente sem pensar! Por isso, escolhi incluir um hino que me remete à infância.

- PUBLICIDADE -

Já para a adolescência, escolhi McFly e Charlie Brown Jr. como representantes. Os meus 12/13 anos foram basicamente ouvindo eles ou algum artista relacionado. Lembro do dia que cheguei na escola e todo mundo falava da morte do Chorão. Fiquei arrasada por nunca ter visto a banda ao vivo. Já o ingresso do McFly está guardadinho aqui pois, infelizmente, a turnê que eles fariam no Brasil em 2020 foi adiada por conta da pandemia.

- PUBLICIDADE -

Ainda adolescente, alguns anos depois, entrei num período rockeira que alguns amigos que conheci depois dos 18 anos nem acreditam. Não incluí Iron Maiden e Metallica porque sinceramente não ouço mais com tanta frequência. Porém, deixei Pink Floyd e Pearl Jam, que amo de paixão. Panic! At The Disco também não poderia faltar nessa playlist (Brendon Urie é tudo, gente!).

- PUBLICIDADE -

Pitty, Maria Gadú e  Amy Winehouse são vozes femininas que marcam presença nos meus dias há uns bons anos. “O Leãozinho”, do Caetano e “Vienna”, do Billy Joel, fazem parte da mistura pois me lembram pessoas muito queridas e me tocam muito.

Apesar de não deixar clássicos de lado, também gosto de me manter atualizada e ouvir os artistas incríveis que vão surgindo ao longo do tempo. Foi assim com Lady Gaga, Florence + The Machine, Dua Lipa, Lorde, Duda Beat, As Baías, Mc Tha, Jaloo e, mais recentemente, Kali Uchis. Fiquei totalmente encantada com o trabalho da Kali como não ficava há um bom tempo e precisei colocar nessa mistura.

- PUBLICIDADE -

Como uma boa jovem de 24 anos que sou, não poderia deixar de incluir funk na história. Saudade absurda de rebolar a raba em um rolê ao som de Pabllo Vittar. Escolhi também “Sou Favela”, do Mc Bruninho, simplesmente porque ouvia essa música no repeat quando lançou. Falamansa segue a linha da nostalgia, principalmente de dançar um forró – que eu não sei, mas amo fingir que sim.

Para completar, Emicida é uma das pessoas que eu levaria no meu jantar dos sonhos, segundo o “Só Você”, do meu Spotify. “Quem Tem Um Amigo Tem Tudo” é uma das canções mais importantes que já ouvi nos últimos tempos. Bom, é isso pessoal, espero que gostem dessa mistura que conta um pouquinho de quem eu sou. Vocês podem conferir a playlist no player do Spotify ao final da publicação.

- PUBLICIDADE -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Playlist, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.



Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui.

- PUBLICIDADE -
Jornalista apaixonada por música, cinema, fotografia e tudo o que envolve arte e cultura.