Resenha: Phase (2016) – Jack Garratt

jack.garratt

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica
Sem dúvidas, Jack Garratt é um dos nomes para ficar de olho esse ano. Uma das maiores revelações britânicas, o cantor, compositor e multi-instrumentalista de apenas 24 anos surpreendeu com um estilo próprio e único através da junção de diferentes gêneros musicais, como o Pop, Hip hop, Eletrônico e até Blues. Garratt tem alcançando um elevado nível de fama e respeito, sendo o escolhido dos críticos no Brit Awards 2016.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Com dois EPs de inéditas e um remix no repertório, foi apenas em fevereiro deste ano que o álbum de estréia do cantor ficou pronto, aproveitando algumas músicas dos lançamentos antigos – principalmente na edição deluxe. Com algumas faixas que podem soar propositalmente desconexas, “Phase” não deixa a desejar e traz o melhor de Garratt em cada canção de forma diferente, entregando um vocal quase que impecável. Prepare-se para ser surpreendido.

- ANUNCIE AQUI -

Logo na abertura “Coalesce (Synesthesia Pt. II)” – sequência direta de “Synesthesia Pt. I” presente em “Synesthesiac” e na versão deluxe de “Phase” – temos a melhor introdução do que estamos prestes a ouvir: uma surpreendente mistura de elementos que resulta em canções energéticas e memoráveis. A melodia suave vai se fortalecendo junto com a voz de Jack, que explode no refrão. Na sequência, o single “Breathe Life” chega bastante dançante e envolvente, caindo no gosto dos britânicos logo de cara, unindo o tradicional aos elementos eletrônicos típicos do músico – sendo quase impossível de não ouvir.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

“Far Cry” é envolvente e varia entre altos e baixos, apresentando a fórmula utilizada por Jack, iniciando com um tradicional piano, que logo recebe elementos eletrônicos, elevando a faixa a outro nível. “Weathered” foi um dos primeiros contatos que tive com o artista, e a reação é a mesma toda vez que ouço. O single começa lento e vai subindo sutilmente, enquanto Jack entoa versos sobre amor, juventude e envelhecimento, abusando da sua flexibilidade vocal. A canção atinge seu ápice quase no fim, retomando a melodia inicial em seguida.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

“Worry” foi reaproveitada do primeiro EP “Remnants” (2014) e lançada agora como single, recebendo o merecido destaque. A faixa varia de balada a música de festa em poucos segundos, com um instrumental distorcido e envolvente. Um lamento feminino sombrio e um leve piano acompanha “The Love You’re Given”, com novos elementos sendo somados lentamente, se tornando grandiosa e totalmente diferente do esperado ao ouvir pela primeira vez – provando que o inesperado é uma das especialidades de Garratt.

Assim como a anterior, “I Know All What I Do” segue com um mesmo som por quase toda sua duração, sendo que é o vocal que define o andamento da canção, variando levemente sua tonalidade e melodia – o resultado é simplesmente belo. Como o próprio nome já sugere, “Surprise Yourself” surpreende nossos ouvidos – como a maior parte do álbum. O britânico inicia a canção abusando de agudos, enquanto o instrumental vai se tornando o maior protagonista da faixa acompanhado de forte “ooh”s – uma de minhas favoritas.

- PUBLICIDADE -

“Chemical” já era bastante conhecida pelos fãs, merecendo receber o espaço no debut. Com vocais distorcidos e agudos, o single é próprio para clubes e festas, usando de diferentes sons para criar a melodia. Já “Fire” começa apenas com a suave voz de Jack, se tornando extremamente acelerada com o ponto alto quase no final, sendo bruscamente interrompida.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Antes do grandioso encerramento, passamos pela terceira parte de “Synesthesia”, mais lenta e juntando alguns elementos das anteriores. “My House Is Your Home” termina com um grande contraste de todo o álbum, sendo crua e sem a adição de nenhum elemento, carregada apenas por um piano e a doce voz de Jack, que soa como uma antiga e nostálgica gravação.

Tracklist:

- ANUNCIE AQUI -

01. Coalesce (Synesthesia Pt. II)
02. Breathe Life
03. Far Cry
04. Weathered
05. Worry
06. The Love You’re Given
07. I Know All What I Do
08. Surprise Yourself
09. Chemical
10. Fire
11. Synesthesia Pt. III
12. My House Is Your Home

Nota: 9

- ANUNCIE AQUI -

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades de Jack Garratt e da Nação da Música. Surpreenda-se com “Phase” abaixo:

- ANUNCIE AQUI -