Desacerto judicial entre Rico Dalasam e produtores tira “Todo Dia” do ar

rico dalasam
Nesta terça-feira (01), o videoclipe de “Todo Dia”, de Pabllo Vittar e Rico Dalasam, foi retirado do Youtube.

O motivo da exclusão do vídeo é a notificação judicial emitida pelo rapper à drag queen. Dalasam quer receber a participação nos lucros do clipe, que chegou a 50 milhões de visualizações.

De acordo com a matéria da Veja, que teve acesso à contranotificação da defesa de Pabllo Vittar, Rico reivindica a participação como co-intérprete da canção: “As partes, na época em que a música foi composta e gravada nos estúdios do DJ Gorky, na presença de diversas testemunhas, convencionaram por mera liberalidade e a pedido do Rico Dalasam que a autoria fosse creditada 100% ao Rico Dalasam, que em contrapartida cederia gratuitamente os seus direitos de co-intérprete (…).

Rico Dalasam, denotando total falta de conhecimento de seus próprios direitos, entrou em contato com a empresa OneRPM, que é a distribuidora digital do fonograma, cobrando seus direitos que não estavam sendo pagos e também começou a manifestar-se publicamente em shows e entrevistas dizendo que os seus direitos não estavam sendo pagos. Entretanto, Rico Dalasam sequer providenciou o registro da obra nos órgãos competentes ou tomou qualquer medida para assegurar o recebimento de seus direitos de autor, como por exemplo a devida edição da obra junto a alguma editora musical ou o envio do cadastro da obra para a sociedade de gestão coletiva de direitos autorais da qual” diz outro trecho da resposta à notificação.

O advogado da drag ainda afirmou que os produtores DJ Gorky e Maffalda (nome artístico de Arthur Gomes), têm provas de que são autores da base instrumental da música.

Em nota, a assessoria de Rico Dalasam buscou esclarecer a questão judicial ao público: “A assessoria de imprensa do cantor e compositor Rico Dalasam esclarece que a notificação feita pelo advogado do artista só precisou ser realizada devido ao fato dos produtores da canção quererem se apropriar dos direitos autorais da obra musical ‘Todo dia’, que é exclusivamente de sua autoria. “Todo Dia”, foi criada por Rico depois de uma história vivida durante um carnaval em Minas Gerais. A composição já foi feita com melodia e ritmo, o que a torna 100% de titularidade do autor.”

“Mesmo com todo sucesso, Rico não recebeu um centavo pela sua participação como co-intérprete da gravação de ‘Todo Dia’, com Pablo Vittar, e quando questionou sobre sua parcela de direitos a este título, já que canta e participa do clipe, recebeu a indecorosa contra proposta de só receber caso cedesse 50% da composição que criou para o produtor Dj Gorky, dono do fonograma e também produtor musical. Obviamente o rapper não aceitou a proposta e tem tentado reverter isso desde março, sem sucesso. Acusado de oportunista através de uma nota enviada à imprensa pela assessoria contratada pelos produtores, Rico afirma que só está em busca dos seus direitos e da luta diária de artista independente”, conclui a nota de esclarecimento de Rico.

A retirada de “Todo Dia” do Youtube coincidiu com a semana de lançamento do vídeo de “Sua Cara”, faixa de Pabllo Vittar com Anitta e Major Lazer, o que fez com que os fãs da drag queen se virassem contra o rapper, acusando-o de tentativa de boicote à artista.

Até agora a música ainda está disponível nas plataformas digitais, tendo sida retirada somente do Youtube.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o Rico Dalasam e/ou a Pabllo Vittar, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

COMPARTILHAR
Daniel Bianchi Sakimoto
Jornalista e Music Geek. Vive entre o indie e o folk e sonha em conhecer o Glastonbury.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!