RihannaA Interview Magazine publicou, nesta segunda-feira (10), uma entrevista realizada pela atriz Sarah Paulson com Rihanna, na qual elas conversaram sobre o lançamento do próximo álbum, vida pessoal e religião, entre outros temas.

As artistas se conheceram e tornaram-se amigas durante as gravações do filme “Oito Mulheres e Um Segredo”, de 2018. A conversa aconteceu pelo telefone, enquanto a cantora estava em Barbados para passar um tempo com a família, o que levou Paulson a desabafar sobre seu arrependimento pessoal de não ter dias assim quando tinha 31 anos, idade de Rihanna.

“Eu não costumava ser dessa forma. Porém, nos últimos anos comecei a notar que você precisa ter um tempo para si, porque sua saúde mental depende disso. Se você não está feliz, você não vai estar nesse estado de espírito nem fazendo as coisas que ama, pareceria uma tarefa. Eu não quero que o trabalho pareça uma tarefa. Minha carreira é meu propósito e não deveria ser outra coisa que não um lugar alegre”, revelou. Ela finalizou contando que agora seu calendário tem dias marcados com a letra “P”, sendo reservados para afazeres pessoais, como a própria inicial sugere.

RiRi também falou sobre sua rotina de trabalho, que geralmente termina às sete da manhã, com ela emendando uma reunião após a outra e não sobra muito tempo para dormir, motivo pelo qual os dias reservados para si são tão importantes e uma das razões pelo qual o sucessor de “Anti” ainda não saiu, também.

“Eu cuido de moda um dia, lingerie no outro, beleza no próximo e depois música. É como ter várias crianças e precisar tomar conta de todas elas”.

Nesse momento, Sarah se comparou com “uma criança faminta que precisa de um novo álbum” e questionou quanto tempo mais os fãs terão de esperar:

- PUBLICIDADE -

“É realmente chato que ainda não tenha sido lançado, porque estou trabalhando em algo muito divertido agora. Estou feliz com todo o material que tenho até o momento, mas não divulgarei até estar completo. Não faz sentido ter pressa, mas eu quero lança-lo. Cheguei num ponto em que estou ‘mesmo sem ter tempo para gravar vídeos, eu vou lançá-lo”.

Rihanna não deu uma previsão de quando o mundo poderá ouvir as faixas inéditas. Em maio, ela já havia contado ao The New York Times que este novo material será chamado “R9”, por causa de seus fãs, que também foram mencionados na entrevista quando ela foi questionada sobre o que os diferenciava dos ‘Monsters’ da Lady Gaga e ‘Barbies’ de Nicki Minaj:

“Meus fãs são persistentes, leais, protetores e defensores. Eles são divertidos. Para ser completamente honesta, o que os fazem diferentes dos outros, sou eu.” 

“Nós crescemos juntos. É louco ver onde nossos caminhos nos levaram e como nossas jornadas estão evoluindo ao mesmo tempo. Eu sinto que eles são responsáveis por quem eu sou e onde minha carreira chegou. Deus me levou até um lugar e eles me apoiaram e me levaram para onde estou agora. Eu me sinto em dívida com eles”, afirmou.

- PUBLICIDADE -

Religiosidade foi outro tema abordado durante o diálogo. E, embora a cantora barbadiana nunca tenha duvidado da sua fé, ela disse que enquanto gravava “Anti” sentiu que talvez tivesse decepcionado Deus a ponto de não serem mais tão próximos. Momento que ficou no passado, segundo ela.

“O diabo tem um jeito de fazer com que você sinta que não é bom o suficiente e que não é merecedor da proximidade com Deus. Não é realmente verdade, mas você acaba se sentindo assim”, finalizou.

Recentemente, a revista Forbes revelou que a dona da linha de maquiagem “Fenty Beauty” é a artista do mundo da música mais bem-sucedida do mundo.

“Anti” foi lançado há três anos. Dele saíram os hits “Work”, gravado em colaboração com Drake, “Kiss It Better”, “Needed Me” e “Love On The Brain”. Nesse meio tempo, ela lançou músicas com N.E.R.D, Kendrick Lamar, DJ Khaled e um documentário com Childish Gambino intitulado “Guava Island”.

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Rihanna, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!