CeeLo Green
Foto: Divulgação

QUABALES E MARGARETH MENEZES

O dia de mais rock no Palco Mundo se iniciou com o grupo baiano de percussão no Sunset. Com diferentes melodias e ritmos, sempre utilizando a dança e a sincronização dos movimentos, o Quabales utiliza tom de crítica em suas letras. A cantora Margareth Menezes fez uma participação especial na apresentação do grupo e cantou alguns de seus hits como “Faraó”, “Côco com M”, de Jacinto Silva e “Woman No Cry”, de Bob Marley. A maior surpresa talvez tenha sido a aparição de Di Ferrero, que apresentou uma versão de “Passe Em Casa”, dos Tribalistas, e as canções “Só Rezo” e “Cedo ou Tarde”.

Foto: Divulgação.

CIDADE NEGRA CONVIDA DIGITALDUBS E MAESTRO SPOK

Cidade Negra homenageou Gilberto Gil e tocou seus maiores sucessos com a ajuda do Digitaldubs e o Maestro Spok. “Não Chore Mais”, “Andar Com Fé” e “Refavela” foram algumas das canções escolhidas, sendo a última dedicada aos moradores da favela da Rocinha. O destaque foi de “Vamos Fugir” e “Esperando na Janela”, que foram as mais cantadas pelo público, que já estava atento à apresentação desde o início. A união com o Digitaldubs e posteriormente com o Maestro Spok foi boa e agradou, trazendo Reggae à Cidade do Rock.

BOMBA ESTÉREO CONVIDA KAROL CONKA

O Bomba Estéreo invadiu o palco com suas cores vivas e seu som colombiano. “Champeta”, “Caribbean Power” e “Fuego” mostra o ritmo acelerado com o qual o grupo trabalha e tem a missão de fazer dançar. Mas como já era esperado, a resposta do público veio mesmo quando Karol Conka apareceu, para dividir os vocais de “Caderas” com Li Saumet. Karol chegou à toda e nos pouco mais de 20 minutos que esteve no palco, não apenas cantou seus maiores hits como “É O Poder” e “Tombei”, como também fez um discurso contra a homofobia e o machismo. Cantou sua polêmica canção “Lalá” e mostrou a sintonia com o grupo, que após a participação da cantora viu o público esvaziar.

- PUBLICIDADE -

CEE LO GREEN CONVIDA IZA

Cee Lo Green encerrou a noite de shows no Palco Sunset e definitivamente foi a atração certa para o mesmo. Com uma banda completa (em sua maioria de mulheres) e backing vocals todas vestidas de vermelho, o cantor prepara o ambiente até sua entrada, trabalhando com a expectativa do público. “It’s Just Began”, “I’ll Be Around” e “Bright Lights” integram a setlist. Sabendo a favorita da plateia e que era a que mais queriam ouvir, Cee Lo engana a todos com um interlúdio de “Fuck You” mas na verdade canta “Don’t Cha”, canção gravada pelas Pussycat Dolls e escrita por ele. Iza se juntou ao cantor para as faixas “Fool For You” e “Earth Song”, que possui uma forte mensagem e emocionou os que estavam assistindo. “Crazy” e finalmente “Fuck You” apareceram no finalzinho, mas o que encerrou o repertório foi Quabales tocando o funk “Deu Onda”, mostrando a irreverência e diversão que Cee Lo teve e proporcionou no show.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte Rock in Rio e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.