São Paulo Trip: The Who faz show memorável e deixa fãs emocionados

Resenha por Anna Bellucci.

Finalmente a espera chegou ao fim! Pela primeira vez, os ingleses do The Who, em 51 anos de carreira, resolveram vir para a América Latina. A primeira parada no Brasil foi o São Paulo Trip Festival, que teve início na última quinta-feira (22) no Allianz Parque.

Antes, para aquecer a noite e agitar o público, Alter Edge abriu a noite com muita energia e com coro de alguns fãs da pista, que estavam pertinho deles, mas ainda fizeram um show para um estádio vazio. Depois deles, vieram também os ingleses The Cult, que já tinha um número maior de expectadores, vários deles cantando suas músicas. Shows com clima bom, felicidade nítida dos músicos em estarem presentes naquela noite e ótimos repertórios. Dignos de “pré-The Who”.

Who Are You?

Apesar de restarem apenas dois dos integrantes originais do The Who – o vocalista Roger Daltrey seguiu com a carreira da banda ao lado do guitarrista Peter Townshend, sem o baterista Keith Moon que morreu em 1978 por overdose, mesmo motivo da morte do baixista John Entwistle, em 2002. A idade poderia ser um problema para os integrantes, mas acredite, nada foi o suficiente para interromper a animação dos fãs e dos artistas. Houve desafinações e alguns outros erros, nada que pudesse diminuir a importância daquele momento e, sem muita conversa e com muita vontade de rock, engataram um sucesso atrás do outro.

“I Can’t Explain” foi a abertura do show, logo em seguida “The Seeker”; mas a que realmente levantou o público foi a clássica “Who Are You”, que emocionou todos: imagens dos integrantes já falecidos, provando que mesmo não estando mais aqui, a história e a música continuam apesar de tudo.

Com 73 anos, Daltrey pode estar mais limitado fisicamente – sem todos aqueles pulos, gritos e exaltações da época de Woodstock -, mas mostrou uma baita voz, capaz de “dar conta” do recado e fazer seus passos icônicos: dancinhas e girar o microfone pelo cabo para todos os lados. Townshend, apesar de um ano mais novo, já aparenta um “cansaço” maior, porém, nada que afetasse sua apresentação – e também sua famosa giração de braço para tocar a guitarra, e simpáticos pulinhos.

“My Genaration”, talvez o verdadeiro hino do The Who, foi outro ponto alto do show que contou com as vozes dos fãs, que não estavam em peso. Os 40 mil lugares não foram totalmente ocupados, talvez pelo “Rock in Rio” ou por ser no meio da semana, mas os que estavam lá não paravam de berrar “The Who” e falar que nunca acreditariam que poderiam ver os ídolos tão de perto, e ouvir outros hits como “Behind Blue Eyes” e “You Better You Bet”. É válido salientar que entre os presentes, estavam desde senhores, até pais com filhos e muitos jovens. Não tem como negar a importância do The Who para o Rock Mundial.

Com muitos risos do vocalista e agradecimentos do guitarrista, que se mostrou emocionado praticamente o show inteiro, as famosas “Baba O’Riley” e “Won’t Get Fooled Again” marcaram o fim, vindo pelo bis “5:15” e “Substitute”, que após isso, Townshend gritou cansado: “Vão para casa” e todos foram. Satisfeitos, felizes e sem acreditar no que havia pelas duas últimas horas: The Who no Brasil.

São Paulo Trip Festival continua no sábado (23), com Bon Jovi e The Kills, domingo (24), com Aerosmith e Def Leppard, e por fim na terça (26), com Guns N’ Roses, Alice Cooper e Tyler Bryant & The Shakedown.

Já o The Who segue para o Rock In Rio, onde se apresentarão no Sábado (23) no Palco Mundo.

SET LIST THE WHO SÃO PAULO TRIP FESTIVAL

“I Can’t Explain”

“The Seeker”

“Who Are You”

“The Kids Are Alright”

“I Can See for Miles”

“My Generation”

“Naked Eye”

“Behind Blue Eyes”

“Join Together”

“You Better You Bet”

“I’m One”

“The Rock”

“Love, Reign O’er Me”

“Eminence Front”

“Amazing Journey”

“Pinball Wizard”

“See Me, Feel Me”

“Baba O’Riley”

“Won’t Get Fooled Again”

[bis]

“5:15”

“Substitute”

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte The Who e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

COMPARTILHAR
Marina Moia
Jornalista, bauruense de coração e apaixonada por música desde que se conhece por gente. Viciada em séries, amante de livros e colecionadora de batons coloridos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!