Selena Gomez é acusada de ser muito “sexy” para se apresentar na Malásia

Selena Gomez está sendo acusada de ter sido muito “sexy” em sua passagem pela Malásia em 2016 com a Revival Tour. Segundo o NMEmuitos religiosos do país se sentiram ofendidos pois disseram que a sensualidade da cantora ia contra o islamismo.

Entre os mais indignados estavam o partido da oposição, o Parti Islam Se-Malaysia (PAS), cujo representantes afirmaram que o show de Gomez “aumentaria ainda mais a cultura hedonista entre os jovens do país”, e colocou a culpa no partido rival (DAP), e no centrista Parti Keadilan Rakyat (PKR).

“Eles estavam entusiasmados com o show Selena Gomez, desconsiderando os pontos de vista do PAS, dos muçulmanos e das ONGs muçulmanas”, afirmou Aubidullah Fahim Ibrahim, membro do Shah Alam da ala juvenil do PAS.

Selena trocou os figurinos da turnê quando esteve na Malásia em julho de 2016, pois disse que fez a troca “por respeito à cultura e religião da Malásia”. Atualmente a cantora está trabalhando no sucessor do Revival, lançado em 2015, e foi produtora da série da Netflix “13 Reasons Why”, que fez grande sucesso.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte a Selena Gomez, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO!