SilvaEssa semana iremos mostrar a evolução de Silva através de seus clipes. Ele se tornou conhecido após o lançamento de “A Visita”, carro-chefe do disco de estreia “Claridão”, em 2012. O vídeo apresenta a sua mistura do MPB e música contemporâneo.

Em 2014, o artista traz uma sonoridade mais dançante em seu segundo álbum, intitulado “Vista Pro Mar”, que teve a participação de Fernanda Takai na faixa “Okinawa”. O clipe de “Volta”, gravado em Luanda na Angola, representa bem essa fase.

Com “Júpiter”, de 2015, o cantor aparece mais romântico, incluindo o R&B em seu som. No vídeo de “Feliz e Ponto”, Silva expõe seu lado sensual em um triângulo amoroso, com um homem e uma mulher. Atualmente é o mais visto da carreira dele.

O mais recente trabalho é o “Silva Canta Marisa” de 2016, composto por covers de hits da Marisa Monte, que colabora também na faixa inédita “Noturna (Nada De Novo Na Noite)”. No videoclipe de “Beija Eu”, o cantor beija várias pessoas de diferentes idades e gêneros.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte Silva, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram. Assista:

12. “Claridão” (2012-2013): “A Visita”

11. “Claridão” (2012-2013): “Mais Cedo”

10. “Claridão” (2012-2013): “Moleton”

9. “Claridão” (2012-2013): “Imergir”

8. “Vista Pro Mar” (2014): “É Preciso Dizer”

7. “Vista Pro Mar” (2014): “Okinawa” feat. Fernanda Takai”

6. “Vista Pro Mar” (2014): “Volta”

5. “Júpiter” (2015): “Eu Sempre Quis”

4. “Júpiter” (2015): “Feliz e Ponto”

3. “Júpiter” (2015): “Sufoco”

2. “Silva Canta Marisa” (2016-2017): “Noturna (Nada De Novo Na Noite)” part. Marisa Monte

1. “Silva Canta Marisa” (2016-2017): “Beija Eu”