Sofia Carson lança vídeo dançante para seu single “He Loves Me, But…”

sofia carson
Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

Na quinta-feira (01), a cantora e atriz Sofia Carson lançou o videoclipe para o single “He Loves Me, But…”, lançado no dia 11 de junho. No clipe, a artista mostra seu talento como dançarina e visuais desérticos para a faixa pop animada, cantando sobre o seu interesse amoroso dizer não poder se comprometer realmente com o relacionamento.

- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

“Eu tenho estado no estúdio mais do que nunca”, contou a cantora em entrevista exclusiva à Nação da Música, que você pode ler aqui, acrescentando: “E eu queria contar uma história para o mundo”, sobre o single anterior “Fool’s Gold” – história essa que continua em “He Loves Me, But…”. Sofia Carson têm sugerido e soltado pistas de que esses lançamentos fazem parte de um novo projeto maior, que a artista está preparando.

- PUBLICIDADE -

Sofia Carson ganhou muita atenção do público ao atuar como a personagem Evie Grimhilde na saga de filmes Descendentes, do Disney Channel. Sua carreira musical teve como parte dela muitos singles de seus trabalhos como atriz – mas agora a cantora está se dedicando a faixas solo, até já colaborando três vezes com o DJ R3HAB.

- PUBLICIDADE -

No player ao fim dessa matéria, você pode assistir ao clipe de “He Loves Me, But…”, mais novo single de Sofia Carson.

- PUBLICIDADE -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Sofia Carson, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

Estudante de jornalismo, não-binárie e apaixonade por música. Sempre aberte para ouvir qualquer gênero, artista ou década. O universo do pop, principalmente hyperpop, k-pop e synthpop, é onde eu vivo e sobrevivo.