Trilha Sonora: 185 músicas presentes na série “Peaky Blinders”

Peaky Blinders
Créditos: Robert Viglasky.
- PUBLICIDADE -
Raízes da Mamma
- PUBLICIDADE -
Meu Funeral

Em 2013, o canal britânico BBC Two começou a transmitir a série “Peaky Blinders”, que em português recebeu o nome de “Peaky Blinders: Sangue, Apostas e Navalhas”, ambientada no ano de 1919, logo após a Primeira Guerra Mundial. A trama conta a história da família Shelby, conhecida por utilizar chapéus com navalhas na ponta, além dos esquemas ilegais nos quais atua.

- PUBLICIDADE -
Meu Funeral

A produção foi criada por Steven Knight (“Millennium: A Garota na Teia de Aranha”) e é estrelada por Cillian Murphy (“Inception”), Helen McCrory (“Penny Dreadful”), Finn Cole (“Animal Kingdom”), Tom Hardy (“Venom”), Paul Anderson (“O Regresso”), Natasha O’Keeffe (“Misfits”), Annabelle Wallis (“Rei Arthur: A Lenda da Espada”), entre outros astros. A qualidade da série extende-se desde a riqueza de informações presente no roteiro, passando pela fotografia e sonoplastia, incluindo, claro, o departamento musical! Este é composto por Martin Phipps, Paul Hartnoll, Dickon Hinchliffe, Anthony Green, Martin Slattery e as cantoras, PJ Harvey e Anna Calvi.

- PUBLICIDADE -

Apesar de ser habitual que histórias reproduzidas no cinema utilizem a trilha sonora da época na qual são ambientadas, essa verdade não condiz com o que ouvimos em “Peaky”. O gênero musical mais ouvido enquanto acompanhamos os Shelbys é o rock e essa escolha casa perfeitamente com o que vemos na tela. Confira, a seguir, alguns fatos sobre 6 músicas presentes aqui!

- PUBLICIDADE -

Após assistir alguns episódios, é impossível não lembrar imediatamente da série ao ouvir a introdução de “Red Right Hand” em qualquer lugar. A faixa, lançada pela banda australiana Nick Cave & The Bad Seeds em 1994, como parte do oitavo disco de estúdio deles, intitulado “Let Love In”. O título foi escolhido a partir do poema “Paradise Lost”, do inglês John Milton, e é creditada a Cave, Thomas Wydler e Mick Harvey. Artistas como Arctic Monkeys, Iggy Pop, Jarvis Cocker, a já citada PJ Harvey, entre outros, já fizeram suas releituras.

- PUBLICIDADE -

“Love Is Blindness” pertence, originalmente, a banda irlandesa U2, com créditos de composição a todos os membros da mesma. Ela integra o álbum “Achtung Baby”, do qual sairam os singles “Mysterious Ways” e “One”. Contudo, a versão que ouvimos no sexto episódio da primeira temporada, é cantada por Jack White. Além disso, também ouvimos os trabalhos dele no grupo The White Stripes, ao longo dos capítulos.

A abertura da segunda parte ficou por conta da incrível PJ Harvey com a faixa “To Bring You My Love”, que intitula o terceiro compilador da britânica. Além dessa obra, no mesmo episódio, ouvimos “Down By The Water” e “Long Snake Moan”. As letras desse trabalho, em sua maioria, falam sobre perda e o desejo de ter um amor há muito perdido. Canções como “Is This Desire?”, “Catherine”, “Man-Size”, “A Perfect Day Elise” e algumas outras fazem aparição no decorrer da trama.

- PUBLICIDADE -

Em 2011, para apresentar seu novo projeto ao mundo, nomeado “Suck It And See”, o Arctic Monkeys divulgou “Don’t Sit Down ‘Cause I’ve Moved Your Chair” como carro-chefe, em maio daquele ano. Esse foi o quarto trabalho de estúdio deles, de onde também vieram “She’s Thunderstorms”, “Reckless Serenade” e “Black Treacle”, eles também tiveram o auxílio de Josh Homme no vocais de “All My Own Stunts”. “If You Were There Beware”, “One For The Road”, “Arabella”, “Do I Wanna Know?”, “Dangerous Animals” e inúmeras outras também podem ser ouvidas na trama.

Murphy contou ao jornal Birmingham Mail que era um grande fã de David Bowie e, este, era um grande admirador da série, tanto que ele o presenteou com um dos icônicos chapéus que fazem parte do figurino de seu personagem, Thomas Shelby. Semanas antes de falecer, Bowie enviou à Knight uma prévia de “Blackstar”, seu último álbum. O resultado é “Lazarus” sendo tocada na abertura do quinto capítulo da terceira temporada. O single alcançou a terceira posição na lista “Hot Rock & Alternative Songs” da Billboard, em janeiro de 2016.

- PUBLICIDADE -

Durante o episódio cinco da quinta parte dessa produção, ouvimos “Atmosphere”, do Joy Division. A música foi lançada em março de 1980, poucos meses antes da morte prematura do vocalista, Ian Curtis. Ela foi promovida, novamente, na coleção “Substance” no ano de 1988, onde foram reunidos b-sides e outras faixas que não aparecem em discos deles, como “Love Will Tear Us Apart”. A autoria é creditada à Curtis, Stephen Morris, Peter Hook e Bernard Summer. Ela também aparece na trilha sonora de “Stranger Things”.

Até o momento, “Peaky Blinders” acumula 5 temporadas no currículo, todas com 6 episódios cada, disponíveis na Netflix. Embora, a data de estreia da sexta (e última) temporada ainda não tenha sido divulgada, Cillian Murphy revelou durante entrevista concedida no Jimmy Kimmel Live que as gravações já foram finalizadas. Enquanto espera, que tal conferir a playlist que montamos para você, disponível após o rodapé? Esperamos que gostem!

- PUBLICIDADE -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Trilha Sonora, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.


Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui. Se possível, siga nosso perfil no INSTAGRAM para acompanhar nossas novidades, clicando aqui.

- PUBLICIDADE -
Jornalista, apaixonada por música, livros e cultura em geral.