Trilha Sonora: 32 músicas presentes na série “Feel Good”

Feel Good
Créditos: Reprodução/IMDB.
- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

“Feel Good” acompanha a vida da comediante canadense Mae que, após conhecer George, precisa contar a ela sobre seu passado e encarar um novo estilo de vida para continuar naquele relacionamento. A produção foi escrita por Joe Hampson em parceria com a estrela da série, Mae Martin (“Baroness Von Sketch Show”).

- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

Inicialmente, ela foi transmitida pelo canal britânico Channel 4 e distribuída internacionalmente pela Netflix, acumulando ao todo 2 temporadas, com 6 episódios cada. A primeira parte foi dirigida por Ally Pankiw, enquanto a segunda foi comandada por Luke Snellin. Martin está acompanhada por Charlotte Ritchie (“Fresh Meat”), Lisa Kudrow (“Friends”), Tobi Bamtefa (“The Witcher”), Ophelia Lovibond (“Guardiões da Galáxia”) e outros astros.

- PUBLICIDADE -

O departamento musical foi supervisionado por Becca Gatrell, que traz no currículo trabalhos na trilogia “O Senhor dos Anéis”, “As Trapaceiras”. Na trilha sonora notamos a presença de artistas como Lorde, Charles Watson, Fleet Foxes, Crowded House, The National, Phoebe Bridgers e outros! Confira abaixo algumas curiosidades musicais e, como de costume, você pode assistir o trailer logo após o rodapé e ouvir a playlist em seguida!

- PUBLICIDADE -

Começamos com Lorde! A faixa escolhida dela para aparecer em “Feel Good” foi “Ribs”, onde a cantora desabafa sobre a experiência de amadurecer. De acordo com o Genius, durante um show a artista neozelandesa revelou ter escrito a canção após uma festa que aconteceu em sua casa, na qual refletiu sobre as mudanças que estavam ocorrendo em sua vida.

- PUBLICIDADE -

“Tem algo assustador sobre a experiência de fazer algo em um mundo diferente do que você conhece. Eu passei a vida toda fazendo coisas que crianças fazem, sabe, curtindo e sem nenhum tipo de responsabilidade. Me amedrontou um pouco pensar em ter um pé no mundo adulto porque quem me garante que podemos voltar? Tipo, você pode ser uma criança e ainda fazer coisas de adulto? Você precisa deixar esse mundo para trás?”

“Fake Empire” é a música de abertura do quarto disco de estúdio do The National, intitulado “Boxer”, sendo a coomposição creditada a todos os membros da banda. A letra fala sobre o estado “semi-acordado” em que as pessoas se encontram conformem lidam com suas tarefas diárias, vivendo em um “império falso” enquanto ignoram as questões políticas do local no qual estão morando.

- PUBLICIDADE -

A banda canadense Half Moon Run divulgou “How Come My Body” em março de 2021, como parte integrante do EP “Inwards & Onwards”. Ela também foi escrita por todos os membros do grupo (Dylan Phillips, Devon Portielje & Conner Molander). Contudo, Portielje descreveu à Amnplify seus sentimentos em relação à temática presente na letra:

“Eu lembro de me sentir confuso e desconfortável quando eu tinha 20 anos e agora eu tenho simpatia por essa minha versão mais jovem. Eu também tenho o mesmo sentimento e preocupação pelas pessoas que estão passando por essa metamorfose entre a adolescência e a vida adulta no mundo moderno”, desabafou.

- PUBLICIDADE -

“Motion Sickness” esteve presente na tabela “Adult Alternative Songs” da Billboard, onde sua posição de pico foi a 26ª. Phoebe Bridgers relata os sentimentos co-dependentes e conflitantes que sentiu em relação à Ryan Adams, quando eles se relacionaram e ele era abusivo com ela, conforme relato da própria ao New York Times em 2019. A canção foi o segundo single de divulgação do álbum de estreia da artista, intitulado “Stranger in the Alps”.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Feel Good, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -


Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui. Se possível, siga nosso perfil no INSTAGRAM para acompanhar nossas novidades, clicando aqui.

Jornalista, apaixonada por música, livros e cultura em geral.