O filme “O ódio que você semeia” (“The Hate U Give”) é drama americano de 2018, dirigido por George Tillman Jr. e escrito por Audrey Wells. É baseado no romance de mesmo nome de Angie Thomas e leva você em uma turnê através da história do Hip Hop e do R&B, musicalmente falando.

O longa conta a história da jovem negra Starr (Amandla Stenberg) que vive uma vida dupla devido ao racismo estrutural norte-americano. O estopim da história e ponto de transição da personagem se dá quando Starr testemunha o assassinato de seu melhor amigo de infância, o jovem negro Khalil (Algee Smith), por um policial branco. Após o crime, a jovem enfrenta pressão de todos os lados da comunidade, mas decide se tornar uma ativista em busca de justiça social 

Com um forte enredo, o filme dialoga com músicas que definem o tom e nos trará uma das mais diversas e vibrantes trilhas sonoras do ano, com 17 músicas de uma variedade de gêneros de artistas como Pusha T, Travis Scott, Tupac, Lógica e Kendrick Lamar. A banda sonora de “O ódio que você semeia” é composta pelo renomado músico Dustin O’Halloran que ao lado da gravadora Def Jam Recordings, uma das mais importantes gravadoras de rap do país usa a trilha sonora como guia do filme traçando os conflitos políticos e emocionais que envolvem a trama. 

Tupac Shakur – “Only God Can Judge Me”

A começar pelo título do livro e do filme, que tem como filosofia central um conceito adotado por Tupac Shakur. Para o rapper, que tinha “THUG LIFE” tatuado em letras maiúsculas em seu torso, essa frase era um acrônimo para um ciclo vicioso de violência social. “THUG LIFE”, explicou ele, na verdade significa “O ódio que você que você semeia para as crianças ferra com todo mundo”.

Críticos e membros da indústria fonográfica o nomearam como um dos maiores rappers de todos os tempos. Em 2010, ele já havia vendido pelo menos 75 milhões de cópias pelo mundo. Além de ser músico, Tupac também foi ator e ativista social; o rapper morreu em 1996 com quatro tiros em um tiroteio, em Las Vegas.

- PUBLICIDADE -

Kendrick Lamar – “DNA” 

“DNA” é uma canção do rapper americano Kendrick Lamar oriunda do seu quarto álbum de estúdio, “Damn”. A música recebeu críticas como uma das melhores músicas do álbum após o lançamento do clipe com participação do ator Don Cheadle.

Nele, Cheadle faz o papel de um investigador implacável que coloca Lamar para falar (e para confessar) com a ajuda de um detector de mentiras. A música retrata a realidade do filme e da vida real de jovens negros que são acusados de crimes por questões raciais.

A Billboard nomeou “DNA” como a trigésima primeira melhor música do ano em sua lista das 100 melhores músicas de 2017.

- PUBLICIDADE -

Bobby Sessions – “The Hate U Give” ft. Keite Young

Quando uma das promessas do rapper norte americano assistiu ao filme para conceber uma música, Bobby Sessions viu um pouco de si mesmo no filme, já que ele cresceu em um bairro negro e acabou se mudando para um bairro branco no ensino médio e tragicamente perdeu um parente por conta da violência policial (seu primo estava desarmado quando ele foi baleado e morto por um policial branco).

Com base nessa experiência pessoal, senti que poderia contribuir com algo de valor para o filme“, disse Sessions aos site Variety. “Espero que a música, juntamente com o filme, inspire os jovens a encontrar sua voz, falar e ter essas conversas desconfortáveis sobre o que está acontecendo em nossa comunidade e, com sorte, motivar todos a fazer algo a respeito”.

Arlissa – “We Won’t Move” 

A artista Arlissa também escreveu a música depois de assistir ao filme e ser convidada a participar da trilha sonora. “As cenas me fizeram chorar tanto”, disse Arlissa ao site Variety . “O filme é sobre injustiça, essa brutalidade constante que gerações enfrentaram. Mas no final do dia, é também sobre o que podemos fazer quando confrontados com a adversidade. Você pode sempre se sentir sozinho, mas quando você fala, quando você usa essa voz, você se conecta com tantas pessoas diferentes que sentem o mesmo. Estamos mostrando que há esperança “. 

- PUBLICIDADE -

Ouça a trilha sonora completa em streaming:


Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem O ódio que você semeia, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!