Um resumo da passagem do Circa Survive pelo Brasil em 10 tweets

Circa Survive

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

De quinta-feira (1º) a domingo (04) a banda Circa Survive se apresentou em quatro cidades brasileiras. Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte e Curitiba receberam o show do grupo norte-americano de indie rock. Uma das coisas mais interessantes foi o fato de a banda se apresentar depois de Bullet Bane, Medulla e bandas brasileiras. Mas o mais interessante, mesmo, fica por conta dos twitteiros, e por isso a Nação da Música resume a passagem da banda em 10 tweets.

- ANUNCIE AQUI -

Para começar nada como um preparativo aos shows.

- ANUNCIE AQUI -

[embedTweet url=649775629286551552]

- ANUNCIE AQUI -

Ou uma deprêzinha de quem perdeu a hora de comprar o ingresso… Não pode galera…

[embedTweet url=649605323918077952]

- ANUNCIE AQUI -

Ou por outros motivos que não são revelados, só aceitos.

[embedTweet url=649604991796252672]

- PUBLICIDADE -

Mas para quem foi, não faltaram analogias para descrever as sensações:

[embedTweet url=649939535955140612]

- ANUNCIE AQUI -

Também não faltaram tentativas para descrever o show:

[embedTweet url=650810386640412672]

- ANUNCIE AQUI -

[embedTweet url=650716380103372800]

[embedTweet url=650708818800697344]

- ANUNCIE AQUI -

E mesmo para quem “sofreu”…

[embedTweet url=650870599162667008]

- ANUNCIE AQUI -

…não há nada como realizar o sonho de assistir a uma de suas bandas favoritas né não?

[embedTweet url=650999657779326980]

- ANUNCIE AQUI -

E independente de ir ou não, o que nos resta é superar (e aguardar a próxima oportunidade).

[embedTweet url=651062785330163712]

- ANUNCIE AQUI -

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades dos Circa Survive e da Nação da Música.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- PUBLICIDADE -
João Pietro: Jornalista, gaúcho e admirador da música em todas as suas vertentes. Apaixonado pela cultura e suas diversas formas de se manifestar, entende que ela é transformadora. Não dispensa um café forte, imagina que se sai bem no improviso e valoriza as relações interpessoais. Também gosta de tocar violão, admira o amor e busca ser otimista.