Uma música de cada um dos 10 álbuns em vinil mais vendidos do ano (até agora)

Sam-Smith

Na última quinta-feira (02) o Nação da Música divulgou, a partir da Nielsen Music e Billboard, a lista dos álbuns mais vendidos do ano até agora. O site publicou os 10 vinis mais vendidos do primeiro semestre de 2015, que inclusive tiveram um aumento de quase 40% nas vendas em relação ao ano passado. Para sentirmos um pouquinho de cada um destes discos, o Nação da Música separou uma música de cada um dos 10 vinis mais vendidos de 2015 até o momento nos EUA.

#10 Hozier – “Hozier”

O disco homônimo da banda Hozier aparece como 10º mais vendido na lista da Billboard. Conforme a publicação, “Hozier” vendeu mais de 21 mil cópias nos Estados Unidos. Das canções de destaque está a faixa “Take Me To Church”, que concorreu ao Grammy 2015 como música do ano. Além disso, durante a cerimônia do prêmio, a canção foi apresentada epicamente por Hozier e Annie Lennox, que também apresentou “I Put A Spell On You” – assista aqui.

#9 Father John Misty – “I Love You Honeybear”

O disco folk de Father John Misty teve mais de 22 mil cópias comercializadas no país. “I Love You Honeybear” foi lançado primeiro no Reino Unido, país de origem do cantor, e em seguida no mundo todo em fevereiro de 2015. O videoclipe da faixa título do álbum foi divulgado no mês passado.

#8 Trilha Sonora Guardiões da Galáxia

O álbum com a trilha sonora do filme Guardiões da Galáxia teve a mesma média do disco de John Misty. O disco é formado por grandes clássicos, e traz artistas como The Runaways, The Jackson 5 e David Bowie. O álbum chegou a ficar em primeiro lugar na Billboard Hot 200, tendo sido o primeiro disco de trilha sonora a chegar a tal posição sem nenhuma música inédita. A trilha sonora também foi relançada em fita cassete, quase tão clássico como os vinis.

#7 Pink Floyd – “Dark Side to the Moon”

Apesar de ter sido lançado em 1973, o oitavo disco do Pink Floyd ainda gera bastante lucro. “Dark Side to the Moon”, até junho de 2015 vendeu mais de 23 mil cópias em vinil. O disco marcou uma nova fase do Pink Floyd, com letras mais intimistas, pouco instrumental, e uso de efeitos sonoros da época.

#6 Sam Smith – “In The Lonely Hour”

O britânico revelação Sam Smith também aparece entre os vinis mais vendidos. Seu álbum de estreia “In The Lonely Hour” figura na sexta posição, com mais de 23 mil cópias comercializadas. Esse é o registro do sucesso que Sam Smith vem demonstrando. Ele foi o maior ganhador do Grammy 2015, e o próprio “In The Lonely Hour” concorreu a um dos prêmios mais importantes: álbum do ano.

#5 Miles Davis – “Kind of Blue”

O álbum de jazz lançado em 1959 “Kind of Blue” mantém seu padrão de vendas de vinil, com mais de 23 mil cópias vendidas só em 2015 . De acordo com a crítica especializada, este é o álbum mais vendido de Miles Davis, e o álbum de jazz mais vendido da história. Sendo assim, “Kind of Blue” é um marco na história do jazz e da música em si.

#4 Alabama Shakes – “Sound & Color”

A vibe blues-soul-rock do Alabama Shakes garantiu o quarto lugar entre os vinis mais vendidos no semestre passado. O disco “Sound & Color”, segundo da banda, foi lançado em abril desse ano, e já faturou em cima de 26 mil cópias. Dois singles já foram divulgados “Give All Your Love” e “Don’t Fight”.

#3 Arctic Monkeys – “AM”

O quinto disco do Arctic Monkeys, “AM” ficou com o terceiro lugar na lista. A banda é sempre bem cotada em pesquisas de venda de vinis, e foi uma surpresa ter sido desbancada pelo então disco mais vendido até agora. “AM” foi lançado em 2013, e traz canções como “Do I Wanna Know”. Foram mais de 27 mil cópias comercializadas.

#2 Sufjan Stevens – “Carrie & Lowell”

O disco “Carrie & Lowell” do músico americando Sufjan Stevens vendeu mais de 32 mil cópias em 2015. O mais incrível é que o álbum foi lançado em março, e em apenas três meses teve esse número bastante expressivo de vendas. São 11 faixas em um álbum folk, o qual estreou em 10º lugar na Billboard Hot 200.

#1 Taylor Swift – “1989”

O ano parece realmente ser de Taylor Swift. Depois de ter sido a maior vencedora do Billboard Music Awards 2015, as vendas do seu mais recente disco “1989” explodiram. Não é a toa que até junho de 2015 tenham sido comercializadas 34 mil cópias do disco só em vinil. “1989” marca a transição de Taylor Swift para um mundo explicitamente pop, deixando de lado um pouco do country que trabalhava anteriormente. Parece que a aceitação foi bem positiva né?

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades da Nação da Música.

 

COMPARTILHAR
João Pietro: Jornalista, gaúcho e admirador da música em todas as suas vertentes. Apaixonado pela cultura e suas diversas formas de se manifestar, entende que ela é transformadora. Não dispensa um café forte, imagina que se sai bem no improviso e valoriza as relações interpessoais. Também gosta de tocar violão, admira o amor e busca ser otimista.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!