Zander lança single “Não Morri de Saudades”, em parceria com Popoto

Zander
Foto: Julia Magalhães (@jmag.photo)
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

O grupo Zander lançou, nesta sexta-feira (27), o single “Não Morri de Saudades”, em parceria com Popoto, da banda Raça.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

A canção surgiu quando Gabriel Zander, vocalista, guitarrista e principal compositor da banda, foi impactado por um artigo a respeito de “languish”, sentimento traduzido literalmente como “definhamento”, e que se caracteriza por um estado de apatia. Relacionando com os tempos atuais e as situações causadas pela pandemia, o artista se uniu ao cantor Popoto para a composição de “Não Morri de Saudades” – ouça ao final desta matéria ou na sua plataforma de preferência aqui.

- ANUNCIE AQUI -

No processo para o próximo disco, a banda Zander divulgou anteriormente a faixa “Desalento”, em parceria com Lucas Silveira, da Fresno, e trouxe elementos do Grunge, Emo e Rock Alternativo. O quarto álbum de estúdio, “Em Carne Viva”, também já teve a faixa-título, “Assim Que Fizer Efeito” e “Síncope” liberadas ao público. O último projeto da banda foi o disco “Vivo”, lançado em 2019, com 16 faixas e parcerias de João Lemos e Cyro Sampaio.

- ANUNCIE AQUI -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Zander, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Estudante de jornalismo, tendo shows como habitat natural e uma boa trilha sonora da vida