Rouge
Divulgação

O Rouge lançou, na sexta-feira (01), seu quinto álbum de estúdio chamado “Les 5inq”. A produção que marca uma nova pausa do grupo vem com dez faixas, sendo que alguns singles já tinham sido liberados.

Um ponto interessante é que as músicas intercalam o protagonismo no vocal, dando um bom espaço para todas.

Ele inicia com “Solo Tu”, que é uma faixa muito boa. Pegando a onda do reggaeton, elas entram bem no ritmo, dando um toque mais brasileiro e com um refrão bem interessante, um pouco leve e que ainda assim fica bastante na cabeça.

Já “Good Vibes” vem com um estilo mais pop mesmo, com refrão e frases que repetem bastante e com uma batida bem dançante. Outro ponto bom dela é que em diversos momentos, o vocal consegue ser mais bem trabalhado e chegar a um alcance maior.

Na única parceria do disco, “Beijo na Boca” chega com a colaboração de Vitão. Ela já é uma música que, tanto pela letra quanto pela batida, tem uma pegada mais sensual. A parte em que o cantor aparece é muito boa também, com efeitos em cima da voz, ele dá um novo ar para a faixa.

Com uma batida mais forte, “Não é Não” traz também uma mensagem importante de assédio com mulheres, dizendo que ela pode ir só dançar, sem querer outras intenções com ninguém. O refrão dela também é ótimo, com poucas frases, o que facilita para memorizar e cantar.

- PUBLICIDADE -

Para dar uma balanceada, vem “Sem Temer” que é uma canção bem mais tranquila, com sons leves ao fundo e um vocal mais agudo. Sua letra também é romântica, como uma declaração de amor. É uma faixa boa para quem gosta de opções mais calmas e é sempre bom ter uma que diminua o ritmo dentro do álbum.

Juntinho” começa com breves toques ao fundo e tem um vocal que soa quase como um sussurro durante o verso. O ritmo começa a acelerar conforme a música passa e no refrão ela fica mais rápida e bem dançante.

Sou Mais Eu” muda novamente o estilo e apresenta versos com rimas rápidas e uma batida mais seca ao fundo e que se repete durante toda a música. Ela é um pouco mais repetitiva do que as anteriores, nem o refrão muda tanto seu estilo, mas ainda assim ela é bem envolvente.

Te Ligo Depois” tem um ritmo mais viciante e aqui são vários momentos em que elas cantam juntas, o que deixa o vocal ainda mais preenchido. A batida tem toques animados e é extremamente cativante.

- PUBLICIDADE -

Com um violão lento e suave ao fundo, “Como Se Fosse a Primeira Vez” diminui novamente a velocidade do disco. E, na parte de vocal, essa talvez seja a melhor para ouvir uma boa variação de alcance. Enquanto nos versos é usado algo mais grave, no refrão há frases que se chega a altos níveis. Ela tem uma letra bonita e descreve como é quando se sente uma grande paixão.

Para fechar o disco, aparece o single “Dona Da Minha Vida”, uma música bem forte e sem dúvida uma das melhores desta produção. Sua letra também tem a mensagem de empoderamento feminino, o que é super importante. Ela é uma faixa que mostra bem a maturidade que o grupo adquiriu desde que fizeram sucesso quando estrearam, é um dos destaques.

“Les 5inq” é um ótimo álbum, consegue fluir muito bem entre diferentes gêneros, por isso também não é nem um pouco cansativo. Além disso, elas conseguem dar voz para todas as integrantes e variar temas nas canções.

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Rouge, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!