Carol Biazin: Saiba como foi a gravação de DVD em São Paulo (SP)

carol biazin
Reprodução/Youtube
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Na noite desta quinta-feira (02), Carol Biazin apresentou, em São Paulo, o primeiro show do álbum “Beijo de Judas” com a gravação de seu novo DVD. A performance aconteceu no Cine Joia e trouxe músicas em novas versões e participações especiais.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Em uma produção composta majoritariamente por mulheres nas câmeras, bastidores, direção e no palco, Carol Biazin abriu o show com a faixa-título do primeiro disco da carreira. Com roupas pretas e cabelo liso em um palco com diferentes imagens e um cubo de luz ao centro, a cantora se apresentou para o fãs após mais de dois anos sem eventos presenciais com público devido à pandemia de covid019, além de ser a primeira vez ao vivo com as músicas de “Beijo de Judas”.

- ANUNCIE AQUI -

“Louca” foi a canção na sequência, na ordem do repertório do álbum, e trouxe tons de rosa ao palco e muita explosão da plateia e da própria Carol. Em seguida, foi a vez de “Cancela”, single divulgado em fevereiro de 2020 e que também tem uma versão no piano, que faz parte do EP “Sem Filtro”, assim como “Metade”, a próxima faixa com Carol Biazin no violão.

- ANUNCIE AQUI -

Nos primeiros acordes após, Vitão foi o primeiro convidado ao subir ao palco para a colaboração de “Sempre Que Der”. Também divulgada em 2020, a canção é uma das quatro participações que integram o disco “Beijo de Judas” e traz a combinação das vozes dos dois cantores e amigos. Após a conversa no palco e incentivos do público, os artistas também apresentaram “Café”, uma das músicas mais conhecidas de Vitão e que ganhou um dueto improvisada no show.

- ANUNCIE AQUI -

Seguindo o repertório, “Frank Ocean”, “Desgrama” e “Tatuagem” trouxeram mais tons de rosa para o palco e participação da banda em trocas com a cantora. Em uma volta para o primeiro EP de Carol Biazin, “S”, Luccas Carlos entrou para a colaboração na faixa “Ser”, um dos primeiros feats de Biazin após o The Voice Brasil. A pedidos da artista, que comentou ser “uma das duas músicas favoritas”, os dois cantaram “Incomum”, canção que integra o álbum “Ao Vivo” do cantor com Gee Rocha.

Na mesma ordem, Carol Biazin performou “Segue Com a Tua Vida”, também do EP “S” e uma das canções de destaque. Do projeto, apenas “Saudade Da Minha Cama” acabou ficando de fora.

- ANUNCIE AQUI -

Em uma pausa das autorais, a cantora prestou uma forte homenagem à Marília Mendonça com a faixa “Estranho” e comentou que não havia pensado em colocá-la no repertório, mas percebeu que não poderia deixar de fora um momento para lembrar a artista, que faleceu no último mês tragicamente.

De volta à tracklist de “Beijo de Judas”, foi a vez de “Inveja”, em uma performance mais intimista com Carol Biazin sentada em um dos degraus do palco. A atmosfera se manteve para a apresentação de “Talvez”, um dos primeiros singles da carreira da cantora, que tocou violão em meio a um palco escuro e iluminado com os flashes acesos da plateia que cantou em coro.

- PUBLICIDADE -

Ainda na mesma posição, a artista começou “Raio X”, original parceria com Dilsinho e uma das últimas faixas a integrar o disco. O que o público não esperava era a entrada surpresa de Luisa Sonza para substituir a colaboração e encaixou perfeitamente na música. Aproveitando a participação especial da cantora, as duas performaram “Tentação” com muita sensualidade que a própria música traz e a conexão das duas artistas e amigas.

Perto do final do show, “Suas Linhas”, uma das músicas mais reproduzidas até hoje de Carol Biazin, não poderia ficar de fora do repertório do primeiro show da cantora após dois anos e levou o público com o coro. Na sequência, um cover e mash up de “Bills, Bills, Bills” e “Say My Name” das Destiny’s Child foi a canção para apresentar a banda que acompanhou e reforçou Biazin no palco, composto inteiramente por mulheres na bateria, baixo, guitarra, teclado, instrumentos de sopro e fortes backing vocals.

- ANUNCIE AQUI -

Para fechar a grande apresentação no Cine Joia, Carol Biazin trouxe a animada “Role”, original participação com Gloria Groove que foi substituída pelas vozes do público com força. A faixa, que teve direito à bis, completou o repertório de “Beijo de Judas” e finalizou o show com sensação de dever cumprido e “matando a saudade” de ouvir a cantora ao vivo em um palco com plateia. Ainda não há previsão de quando o material será divulgado em DVD, mas com certeza trará grande produção, assim como a apresentação ao vivo.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Carol Biazin, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Estudante de jornalismo, tendo shows como habitat natural e uma boa trilha sonora da vida