Anavitória
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música.

Neste domingo (31) aconteceu a primeira edição do festival NAVE – O Festival das Anavitória, no Espaço das Américas, em São Paulo.

O evento contou com um lineup recheado de nomes da nova música brasileira como Hotelo, Outroeu, Melim, Vitor Kley, Lagum, Jão e as anfitriãs, Anavitória. Além das participações especiais com Manu Gavassi, Gabriel Elias, Nina Fernandes, Ana Gabriela e Marina Nolasco.

A primeira banda a se apresentar foi a Hotelo, que chegou colocando a plateia pra cima com a música “Áries”, e seguiu o show com “Só Será Assim”, “Praia (Sem Sair de Casa)” e “Libra”. A apresentação ainda contou com a participação especial da cantora Nina Fernandes na canção “Virgem”, presente no segundo álbum da banda Hotelo, “Mapa Astral” (2018).

Houve atrasos no tempo de espera entre cada show e, por conta disso, as bandas fizeram pequenas mudanças no setlist. Apesar do atraso para subir ao palco, o Outroeu fez uma apresentação calorosa, daquelas que o publico canta cada música com muita emoção. Eles começaram o show com a canção “Zade” e seguiu com “Ai de mim”, “Ferro” e “Poemas de Lágrimas”. O duo aproveitou o festival para lançar uma nova música, chamada “Encaixe”, que segundo eles, logo estará nas plataformas digitais. Outroeu encerrou o show com a canção “Outrória”, parceria com o Anavitória, que de surpresa entrou no palco para cantar junto, deixando o publico bastante agitado.

Essa agitação continuou com a Lagum que começou cantando a canção “Bem Melhor”, que recentemente ganhou uma versão acústica. A banda continuou o show com “Fifa”, “Samba”, Não Valho Nada”, “Telefone” e canção “Detesto Despedidas”, lançada na última sexta-feira (29). Lagum ainda fez uma pausa para anunciar que o novo álbum está previsto para ser lançado no mês de junho. No finalzinho do show, os meninos cantaram a clássica “Deixa”, que contou com a participação da Ana Gabriela, que fez o publico formar um coro maravilhoso.

Melim foi a quarta banda a subir no palco e já entrou fazendo todo mundo sair do chão com a música “Peça Felicidade”. Esse trio tem uma energia incrível, deixou os fãs super agitados a todo o momento, até mesmo em “Dois Corações”, uma canção um pouco mais lenta, inclusive, essa foi a parte mais bonita do show. O repertório também contou com “Meu Abrigo”, “Hipnotizou”, “Apê” e “Transmissão de Pensamentos”. O show ainda teve a participação especial do cantor Gabriel Elias, cantando “Pequena Flor”.

- PUBLICIDADE -

A apresentação do Vitor Kley foi a mais afetada pelos atrasos, ele cantou uma canção atrás da outra, literalmente, o começo foi praticamente uma puxando a outra. Mas, felizmente, isso não foi um problema, porque o Vitor Kley fez um show lindo, com uma energia maravilhosa. A todo o momento ele falava coisas bem positivas para os fãs. O início foi um som bem acústico com a canção “O Sol”, e claro, o público cantou como se não houvesse o amanhã, fizeram um coro bem bonito. O show seguiu com “Onde Você está”, “Marambaia”, “Morena” e “Sons de Amor” com a participação especial da Mari Nolasco. Quase no final, Vitor Kley cantou “Adrenalizou” e fez até uma brincadeira, onde todo mundo se agachou e no sinal dele todos pularam, foi demais. Pra encerrar, o Vitor Kley cantou mais uma vez a canção “O Sol”.

E o show mais aguardado da noite foi o da Anavitória. Essas meninas têm uma energia incrível, que não dá pra explicar. Foi uma apresentação que exalava amor. Elas têm uma conexão maravilhosa com os fãs, cada música era um misto de sensações. No estilo que só o Anavitória tem, começaram o show com “Canção de Hotel” e seguiu com “Porque Eu Te Amo”, “Trevo”, “Calendário”, “Chamego”, “Outrória” e “Ai, Amor”. O show ainda contou com a participação especial do cantor Rubel em “Partilhar”. O duo finalizou a apresentação com “O Tempo é Agora”, faixa título do seu álbum mais recente.

Finalizando a noite de shows do Festival Nave, Jão se apresentou quase meia-noite, mas, apresar do horário, o público continuava cheio de energia. O repertório do contou com “Linda Demais”, “Me Beija com Raiva”, “Ainda te amo” e “Aqui Estamos Nós”, que teve a participação especial da cantora Manu Gavassi.

Quem não pode ir ao NAVE, tiveram a opção de assistir ao vivo com a transmissão via áudio pela Deezer e também pelo canal do Youtube da dupla. O evento estava previsto para terminar às 22h, mas por conta dos atrasos terminou por volta das 00:40. Apesar disso, o Festival Nave foi incrível, as bandas foram super atenciosas com os fãs. Cada show teve seu momento caloroso e com muita energia boa.

- PUBLICIDADE -

Confira os melhores momentos do festival, pelas lentes de Rafael Strabelli, clicando aqui.

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem NAVE – O Festival das Anavitória, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!