Especial: The Voice USA (18) – Veja as apresentações do Top 17

- PUBLICIDADE -
The Voice
Foto: Youtube.
@nacaodamusica

Mais uma fase chega no The Voice e, nesta segunda-feira, os participantes dos times se apresentaram a fim de uma vaga no Top 9. Nesta etapa, os telespectadores possuem o poder de decisão e podem votar durante o episódio, que por motivos de força maior pela primeira vez na história do The Voice, não foi transmitido ao vivo. Preparados para ver tudo o que rolou?

TEAM NICK

Thunderstorm Artis — Um dos artistas mais fortes da temporada, Thunderstorm apresentou sua versão própria de “Summertime”, de Ella Fitzgerald, e muito bem, por sinal. Seu antigo técnico, John Legend, rendeu elogios ao participante.

Allegra Miles — Apesar de ser difícil seguir uma apresentação tão boa quanto a anterior, Allegra trabalha muito bem para entregar com excelência uma performance de “New York State of Mind”, de Billy Joel. Nick parece bem feliz com o resultado e diz ter sido sua melhor apresentação até agora.

Arei Moon — Por mais complicado que seja se apresentar remotamente, sem um público e os técnicos a assistindo, Arei foi capaz de manter a alta energia e performou de maneira bem animada “Finesse”, de Bruno Mars.

Roderick Chambers — Os integrantes do Team Nick vem mostrando cada vez mais talento e com Roderick não é diferente. Assim como Arei, ele consegue transmitir bem toda a sensualidade de sua performance com “Lost Without U”, de Robin Ticke.

Michael Williams — E para finalizar as apresentações deste time, tivemos Michael que optou por cantar “Sign Of The Times”, de Harry Styles. Demora um pouco para a apresentação ficar realmente boa, mas na segunda parte da canção o participante tem seus bons momentos.

TEAM LEGEND

Zan Fiskum — O clássico “Blowin’ in the Wind” de Bob Dylan foi o escolhido por Zan, que teve uma performance mediana comparada ao que vimos até o momento e ao que foi mostrado por ela em outros momentos da competição.

Mike Jerel — Mike, por outro lado, teve um dos melhores momentos da temporada até agora. Sua jogada foi boa ao optar por “All My Life”, canção de K-Ci & JoJo que é excelente e permite que todo o seu alcance seja exibido.

Mandi Castillo — Esta foi a escolha perfeita para Mandi, que além de ser bastante atual, é também em espanhol e demonstra muita personalidade. Com “¡Corre!”, de Jesse & Joy, ela mostra todo o seu poder e impressiona os jurados, se colocando em uma boa posição na disputa.

Cammwess Blythewood — Cammwess não está para brincadeira e mostra isso de cara ao performar “Ain’t No Sunshine”, de Bill Withers, com direito a exibir também toda a sua habilidade com o violão e ficou bem incrível. Uma das melhores performances da noite.

TEAM KELLY

Megan Danielle — Com um visual voltado ao vintage, Megan apresentou “Anyone”, mais recente single de Demi Lovato. Apesar de bem jovem, ela mostra que consegue fazer bastante coisa com sua voz e demonstra um tremendo potencial no futuro.

Mandi Thomas — Com um pouco mais de desvatagem por não ter tido muitos momentos de destaque no programa, Mandi apresenta “I Hope You Dance”, de Lee Ann Womack. Esta não é a melhor performance da noite, mas como Kelly mesma disse, não dá para negar o poder que ela possui.

Micah Iverson — Após uma boa vitória nos knockouts, Micah utiliza um cenário bem sereno para performar “Your Song”, de Elton John, sentado ao piano e tudo. Este é um bom momento para Micah e marca uma ótima apresentação em tempos decisivos.

Cedrice — Optando por uma faixa atual, Cedrice performa “everything i wanted”, de Billie Eilish. Ela sabe perfeitamente como se apresentar e trabalhar com a câmera, fazendo com que sua performance seja boa de assistir.

TEAM BLAKE

Toneisha Harris — É sempre um movimento arriscado cantar uma música de um dos jurados, não é mesmo? Toneisha mostra toda a sua confiança ao performar “Stronger (What Doesn’t Kill You), de Kelly Clarkson, que rende elogios da cantora.

Joei Fulco — Joei tem uma boa voz e opta por cantar “Runaway”, de Bonnie Raitt. Blake é todo elogio e fala sobre as particularidades de seu tom, que sempre se diverte durante as apresentações e torna tudo muito bacana de ver.

Joanna Serenko — Se mantendo fiel à canção original, Joanna apresenta “Rich Girl”, de Daryl Hall & John Oates. Sua apresentação é cheia de jazz, descontraída e mostrou um novo nível em seu jogo, elevando sua participação.

Todd Tilghman — A última performance da noite fica por conta de Todd, com “Glory Of Love”, de Peter Cettera. A escolha da canção ficou bem adequada a sua voz e Blake elogiou bastante todo seu trabalho até aqui.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam The Voice, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -