Especial: The Voice USA (13) – Confira como foi a premiere

Mais uma temporada do The Voice está começando e é claro que nós, da Nação da Música, não iríamos deixar de comentar tudo com vocês. Nessa 13ª temporada vamos ter a presença dos técnicos Adam e Blake, além da Miley Cyrus que está de volta e Jennifer Hudson que faz sua estreia no programa. Preparados para ver o que rolou na premiere? Acompanhe aqui com a gente.

O The Voice começou com a audição de Chris Weaver, de 29 anos. O jovem que cresceu cantando na Igreja, mas que também se apresenta como drag queen a noite escolheu a música “Try a Little Tenderness” para sua primeira apresentação. Chris virou as quatro cadeiras, depois de uma ótima performance e acabou escolhendo seguir no Team Jennifer – cantora para a qual ele já havia se apresentado há alguns anos.

Na sequência tivemos a apresentação de Mitchell Lee, de 29 anos. O jovem escolheu cantar a música “Hold My Hand” e conseguiu virar as cadeiras de Blake, Jennifer e Adam. Confesso que sua apresentação não me surpreendeu muito, mas como Adam falou ele é “bonito e as meninas vão amá-lo”. Mitchell então escolheu ir para o Team Blake (nenhuma surpresa com essa escolha também).

Janice Freeam, de 32 anos, mostrou que é uma guerreira na vida e também que merece essa oportunidade de estar no The Voice. Cantando “Radioactive” ela transformou a música para o seu estilo próprio e conquistou as técnicas Jennifer e Miley. No fim, a candidata escolheu seguir com Miley, o que pode acabar sendo uma combinação ou interessante ou preocupante. Veremos nas próximas rodadas do programa.

Shi’Ann Jones é daquelas jovens de 15 anos que deixa os técnicos chocados por sua idade – nada muito novo no The Voice, não é mesmo? Cantando “Drown in My Own Tears” Shi’Ann fez uma boa primeira impressão com sua voz e espero ver mais dela no futuro. Jennifer e Blake foram os técnicos que apertaram seus botões, mas foi Jennifer a escolhida. Acredito que foi uma boa escolha.

Na sequência vimos Dave Crosby, de 30 anos. Você já até pode conhece-lo pelos covers que fez com sua filhinha, mas nessa noite escolheu cantar a música “I Will Follow You Into the Dark”. Adam, Blake e Miley viraram as suas cadeiras, mas foi o vocalista do Maroon 5 que conquistou Dave, ainda mais depois de convidar a filha de Dave ao palco para fazer um rápido dueto com seu pai.

Esera Tuaolo, de 49 anos, costumava jogar futebol americano e depois de se aposentar da NFL, declarou que era gay e também lutou contra a depressão. Com sua história, a audição ficou ainda mais emocionante quando cantou a música “Rise Up”. Essa não foi a melhor performance da noite, mas Jennifer e Blake acabaram virando suas cadeiras. Ele então escolheu seguir no Team Blake.

Brandon Showell, de 26 anos, que é professor e também já cantou em cruzeiros escolheu para sua audição a música “There’s Nothing Holdin’ me Back”. O jovem, a princípio não estava se soltando muito, mas com a chegada do refrão, mostrou muito potencial. Adam, Miley e Jennifer apertaram seus botões, mas ele escolheu ir para o Team Adam.

Lucas Holiday, de 26 anos, subiu ao palco para cantar a música “This Woman’s Work” e surpreendeu a todos com sua voz. É sempre interessante quando a voz de um candidato não parece combinar de imediato com o seu rosto. Jennifer foi a única técnica a virar sua cadeira e acredito que esses dois vão se dar bem juntos.

Por fim, tivemos a apresentação da Brooke Simpson, de 26 anos. A jovem encerrou o programa com uma linda apresentação da música “Stone Cold” e mostrou muito potencial, além de muita emoção. Brooke virou as 4 cadeira e depois de uma boa briga entre os técnicos, ela escolheu seguir para o Team Miley.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o The Voice, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: FacebookTwitterSpotify Instagram. Confira:

COMPARTILHAR
Andressa Oliveira

Metade campograndense, metade paulistana, jornalista e apaixonada por música. Escreve para o Nação da Música desde 2012, estuda música desde pequena, é obcecada por reality shows musicais, odeia atender telefone, mas não vive sem seu celular. Seriados, livros e comida também não podem faltar em sua vida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!