Especial – The Voice USA: Saiba tudo que rolou no quinto episódio

A quinta noite de blind auditions do nosso show de talentos favorito não foi muito boa para o atual campeão, Blake Shelton, que não conseguiu adicionar nenhum novo artista ao seu time. Ao contrário de Blake, Adam continuou a acrescentar novas, e ótimas, vozes ao seu time. Começando com Collin McLaughlin, um rapaz que largou a faculdade de música no último ano para se dedicar ao sonho de cantar. E espera que o programa o ajude a conseguir a aprovação dos pais nesta mudança de vida. Acho que com essa linda apresentação de “Wild World”, da Cat Stevens, é possível perceber que ele fez a escolha certa.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Além de Collin, a outra nova voz no time de Adam é a do ex-piloto de carros de corrida Benji. Um jovem que teve de desistir do seu sonho de ser corredor por conta da falta de apoio financeiro, mas percebeu que esta era a oportunidade de se dedicar à música. E com razão.  Benji tem uma voz rouca, forte, que deu à “Knockin’ On Heaven’s Door”, clássico de Bob Dylan, uma atmosfera muito bonita.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Além de Adam, Christina também começou o programa reforçando seu time. A jovem de 17 anos Joselyn Rivera lutou para sobreviver nos primeiros anos de vida. Com problemas na fala até os cinco anos, a música foi prescrita por médicos como algo que poderia ajudar, e ela se abraçou nisso desde então. Apresentando “Stronger (What Doesn’t Kill You)”, da Kelly Clarkson, Joselyn é mais uma jovem cantora pop a unir-se ao time de Christina Aguilera. Literalmente, esta garota se fortaleceu com os problemas. Você acha que Christina vai fazer um bom trabalho com ela?

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Mas com certeza quem se reforçou mais neste episódio foi o time de Cee Lo Green. Ele juntou a sua equipe as vozes de Todd Kessler, que se apresentou “Maggie May” de Rod Stewart. O jovem Ben Taub, que chamou atenção de Cee Lo com sua apresentação de “Feeling Good”. Além deles, Emily Earle, a garota de Nova York que apresentou “Ring Of Fire” do astro Johnny Cash.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- PUBLICIDADE -

Mas o time Cee Lo ainda não havia parado de crescer. O melhor ficou para o fim da noite, quando a bela voz de Mycle Wastman subiu ao palco para apresentar “Let’s Stay Together” do cantor soul Al Green. Mycle perdeu os pais ainda quando criança e foi criado pelo avô, que havia falecido algumas semanas antes da audição de Wastman no programa. Certamente ele está orgulhoso do neto!

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Depois de cinco blind auditions os times estão assim:

Adam Levine: Bryan Keith, Joe Kirkland, Samuel Mouton, Loren Allred, Nicolle Nelson, Melanie Martinez, Brian Scartocci, Alessandra Guercio, Adanna Duru, Collin McLaughlin e Benji.

- ANUNCIE AQUI -

Cee Lo Green: Daniel Rosa, Trevin Hunte, Mackenzie Bourg, Domo, JR Aquino, Nicholas David, Avery Wilson, Todd Kessler, Ben Taub, Emily Earle e Mycle Wastman.

Christina Aguilera: De’borah, Devyn DeLoera, Adriana Louise Figueroa, Aquile, Nelly’s Echo, Lisa Scinta, MarissaAnn, Beat Frequency, Paulina Cerrilla e Joselyn Rivera

- ANUNCIE AQUI -

Blake Shelton: Terry McDermott, Gracia Harrison, Casey Muesiggman, Julio Cesar Castillo, 2Steel Girls, Liz Davies e Kelly Crapa.

Para você, qual time está ficando mais forte até agora? Você viraria a sua cadeira para algum candidato que não foi aceito? Não esqueça de acompanhar todas as novidades sobre The Voice e se manter sempre atualizado no mundo musical através da nossa página no Facebook e no Twitter.

- ANUNCIE AQUI -
Vicente Pardo: Editor do Nação da Música desde 2012, formou-se em Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas em 2014. A música sempre foi sua paixão e não consegue viver sem ela. É viciado em procurar artistas novos e não consegue se manter ouvindo a mesma coisa por muito tempo. Também é um apaixonado por séries de TV e cultura pop.