YesterdayNo próximo dia 29, os cinemas brasileiros receberão a estreia de “Yesterday”, com direção de Danny Boyle e distribuição pela Universal Pictures. Este já foi lançado no Reino Unido no dia 28 de junho deste ano.

O elenco tem nomes conhecidos da indústria e, também, da música, contando com Himesh Patel (“EastEnders” e “Damned”), Lily James (“Baby Driver” e “Darkest Hour”), Kate McKinnon (“Caça-Fantasmas” e “Saturday Night Live”), Ed Sheeran (carreira musical), Ana de Armas (“Knock Knock” e “Blade Runner 2049”), Robert Carlyle (“Marilyn Hotchkiss Ballroom Dancing and Charm School” e “Eragon”), James Corden (“Gavin & Stacey” e “The Late Late Show”), entre outros.

O enredo gira em torno de Jack Malik (Himesh Patel) um cantor e compositor em busca da realização de seus sonhos. Certo dia, ele sofre um acidente, sendo atropelado por um ônibus, ficando desacordado por um tempo. Após retomar a consciência, ele descobre que, como em um passe de mágica, as pessoas nunca ouviram falar dos Beatles. Desta maneira, ele passa a tocar as músicas da banda, atingindo sucesso global, atraindo nomes como Ed Sheeran.

Por se tratar de um filme musical, a trilha sonora acaba sendo parte essencial. Desta maneira, confira abaixo quatro canções que aparecem no longa:

“Shape of You” – Ed Sheeran

Um dos maiores sucessos do britânico, aparecendo em seu terceiro álbum de estúdio, intitulado “÷“, lançado em 2017.

- PUBLICIDADE -

Extremamente dançante, a faixa mistura alguns estilos, como dancehall, R&B e pop, enfatizando-se instrumentos orgânicos, a exemplo do violão e marimba (parecido com o xilofone), além de batidas de percussão. O cantor, com sua voz característica melódica, é por vezes acompanhado de um backing vocal em uma espécie de coral.

A música atingiu um extremo sucesso, sendo a mais vendida da década no Reino Unido e mundialmente em 2017, recebendo o Grammy de “Melhor Perfomance de Pop Solo”, em sua 60ª edição. Além disso, foi considerada a nona canção mais bem sucedida da história pela Billboard. Ela recebeu um clipe oficial dirigido por Jason Koenig.


“Let It Be” – Beatles 

- PUBLICIDADE -

Lançada como um single em 1970 e, posteriormente, canção título do álbum de mesmo nome, foi um dos maiores sucessos da banda inglesa e da história musical. Sua composição foi creditada a dupla Lennon-McCartney e cantada por este último.

Com a presença de um piano evidente, além de instrumentos como a guitarra (que recebe um fantástico solo), bateria, órgão e baixo, a música é levada pela melódica voz do cantor britânico, que é agraciada com um backing vocal marcante, que agrega sua sonoridade e as mensagens reflexivas e calmas a serem passadas.

Devido a seu sucesso inestimável, recebeu covers de Ray Charles, Aretha Franklin, Ike e Tina Turner, Meat Loaf, Glee, entre vários outros. Está em 20ª posição na lista das 500 Melhores Músicas de Todos os Tempos, feita pela Rolling Stone.

O ator principal do filme executou sua versão que, consequentemente, aparece no longa em homenagem aos Beatles.

Versão da banda:

- PUBLICIDADE -


Versão de Himesh Patel:


“Wonderwall” – Oasis

Provavelmente um dos maiores sucessos da banda, a faixa foi lançada em 1995 como single e, também, apareceu no álbum “(What’s the Story) Morning Glory?”, sendo escrita por Noel Gallagher.

Ela começa somente com um violão e a voz de Liam Gallagher, de uma maneira calma, porém se eleva com a presença dos outros instrumentos, como bateria, guitarra e baixo, e muitas vezes é acompanhada de um backing vocal discreto. Esta rendeu diversas premiações ao grupo britânico e é marca registrada relacionada ao nome Oasis.

Recebeu um videoclipe oficial dirigido por Nigel Dick, em tons de cinza e preto, com cores vivas somente no violão.


“Yesterday” – Beatles

O fato de ser a música tema do longa mostra o tamanho de seu sucesso. Foi lançada em 1965, e está presente no álbum “Help!”, o quinto de estúdio da banda. Sua composição foi creditada a dupla Lennon-McCartney.

Sua sonoridade é calma e complexa, com a presença de um violão acústico e um quarteto de cordas, sendo composto por dois violinos, violoncelo e viola. A voz de Paul é impactante, sendo muito melódica, com afinação impecável, transmitindo a emoção necessária para a faixa.

Sua letra gira em torno de um término de relacionamento, contendo um teor melancólico e sentimentos nostálgicos que conseguem emocionar o ouvinte. Rendeu diversas premiações aos britânicos e figura como uma das faixas que mais receberam covers, atingindo o impressionante número de 2.200. Ainda, toma conta da 13ª posição das 500 Melhores Músicas de Todos os Tempos, feita pela Rolling Stone.

O protagonista do filme fez sua versão própria, aparecendo na trilha sonora original da produção.

Versão dos Beatles:


Versão de Himesh Patel:


Ainda não conhece o filme e gostaria de saber um pouco mais? Veja, no final da notícia, o trailer legendado!

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Yesterday, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!