O primeiro álbum do Linkin Park foi lançado em 2000. Intitulado “Hybrid Theory”, o disco estreiou em segundo lugar no Billboard 200, sendo o sétimo álbum mais vendido dos anos 2000. O disco foi produzido por Don Gilmore e gravado no NRG Recordings, no norte de Hollywood.
Grande parte das canções tratam de problemas pessoais que o vocalista Chester Bennington sofreu enquanto adolescente. Já o nome do disco se deu a partir do antigo nome da banda, antes deles optarem pelo conhecido Linkin Park.

“Meteora”, lançado em 2003, estreiou em primeiro lugar no Billboard 200 e foi considerado o terceiro álbum mais vendido do ano, vendendo mais de 800 mil cópias em sua semana de estreia! Assim como o primeiro disco do grupo, “Meteora” foi co-produzido por Don Gilmore.

Em 2007, quatro anos após o lançamento do segundo disco da banda, o Linkin Park lança seu terceiro álbum de estúdio. “Minutes do Midnight” também estreiou em primeiro lugar no Billboard 200, após vender mais de 600 mil cópias apenas na sua primeira semana de vendas.
O CD foi produzido pelo vocalista da banda Mike Shinoda e Rick Rubin, e marca uma pequena mudança de direção musical do grupo.

- PUBLICIDADE -

O quarto álbum do Linkin Park foi lançado em setembro de 2010. “A Thousand Suns” se tornou o terceiro disco consecutivo do grupo a estreiar no topo da Billboard 200. Produzido também por Rick Rubin e Mike Shinoda, o tempo entre as gravações e lançamento do disco se deu ao longo de dois anos.

“Living Things” foi lançado em junho de 2012 e é o terceiro disco consecutivo do grupo a ser produzido pela parceria entre Rubin e Shinoda. Assim como os discos anteriores, o CD estreiou na primeira posição da Billboard 200, contudo desta vez vendendo apenas pouco mais de 200 mil cópias em sua semana de estreia.
O Linkin Park descreve o material do quinto álbum como finalmente um “território familiar”, onde eles podem se sentir confortáveis após anos.

- PUBLICIDADE -

O mais recente álbum da banda, “The Hunting Party”, foi lançado no último mês e marca o primeiro disco do Linkin Park sem a produção de Rick Rubin. O material é marcado por experimentações e grandes colaborações musicais.

Além disso, a banda também já lançou dois álbuns ao vivo: “Live in Texas”, de 2003, e  “Road to Revolution: Live at Milton Keynes”, de 2008.