Brothers of Brazil falam sobre novo álbum e Lollapalooza em Hangout exclusivo

A Nação da Música organizou nesta terça-feira (04) um Hangout com a parceria do Google +, da Time For Fun e do Tenho Mais Discos Que Amigos. A dupla brasileira Brothers of Brazil, formada pelos irmãos Supla e João Suplicy, falou sobre o novo álbum, Lollapalooza 2014, cenário da música atual entre outras coisas. A entrevista contou ainda com a presença de outros sites e a participação de fãs.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Falando sobre o novo álbum, ainda sem nome definido, eles relatam que o mesmo será gravado em Nashville e já entrou em fase de pré-produção. Apesar de não haver uma ruptura entre os estilos, comparando o segundo álbum da banda “On My Way”, lançado em 2012 e o próximo, este terá sua própria “cara”. A dupla garante que quem curtiu o segundo CD, também irá gostar do terceiro.

- ANUNCIE AQUI -

Eu acho que vai ser o melhor álbum do Brothers, pra falar a verdade. Porque é o álbum que a gente está mais como banda, mais unidos, mais experientes e as músicas, elas estão muito interessantes… Elas vieram bem naturais… Vai ter uma pegada bem roqueira, mas também vai ter balada…

- ANUNCIE AQUI -

Eles pensam ainda em fazer um DVD, embora estejam focados na produção do álbum, neste momento.

- ANUNCIE AQUI -

Quem vai conferir o som dos caras no Lollapalooza? Eles falaram sobre o festival e sua participação. A dupla diz que apesar de o público talvez estar mais curioso sobre as bandas internacionais, eles esperam e sabem que terão fãs assistindo ao seu show. Comentaram ainda que o show pode contar com uma participação internacional e uma brasileira, embora nada esteja confirmado.

Supla e João garantem que o público pode esperar uma apresentação bem enérgica, como eles sempre fazem, já que consideram cada show como o “último”. A setlist ainda não foi definida, contudo podem acontecer covers de músicas das bandas The Doors e Ramones.

- ANUNCIE AQUI -

E por onde será que anda o rock no cenário da música atual? A dupla considera que os últimos representantes do rock brasileiro foram os grupos Raimundos e o Charlie Brown Jr. e que hoje em dia, a “pegada rock” desaparece das bandas nacionais.

O mais importe é que independentemente de ser rock, ou o diabo que seja, a música tem que ser boa… A letra tem que passar uma mensagem boa… uma coisa verdadeira.”

- PUBLICIDADE -

Confira o Hangout completo e fique ligado no Nação da Música para mais novidades:

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -