Entrevista: Cash Cash – 14/01

1. Quando e como vocês começaram com a banda? De quem foi a idéia?

Sam e eu começamos uma banda chamada The Consequence em 2002. Nós tocávamos jazz e fazíamos covers de outras bandas. Como queríamos começar nossa própria banda séria, melhoramos nossas habilidades em nossos instrumentos. Nós tivemos um monte de membros diferentes entre 2002 e 2006.
Então, quando meu irmão ficou velho o suficiente, ele entrou na banda. Logo depois, nós precisávamos de um baterista e conseguimos o Antony; ele e o Alex tinham tocado juntos em outra banda antes.
Essa formação durou por dois anos, dando-nos a oportunidade de assinar um contrato com a Universal Republic Records. Depois de termos assinado, nós ficamos sabendo que o nome “The Consequence” já era registrado, então nós mudados para Cash Cash em 2008.

- ANUNCIE AQUI -

2. Vocês já fizeram muitos shows, qual foi o melhor e onde foi?

Eu acho que não posso escolher apenas um show, mas posso fazer um TOP3;

- ANUNCIE AQUI -

1) 2009 Bamboozle

2) 2009 Nosso show em nossa cidade natal @ School of Rock em New Jersey

- ANUNCIE AQUI -

3) 2009 106.1 Seattle Kiss FM’s Jingle Bell Bash

3. O que vocês fazem no tempo livre?

- PUBLICIDADE -

Eu gosto de Snowboard, viajar e assistir filmes. Alex gosta de jogar videogame, Sam  gosta de ler e ficar na web e de design. Já Anthony gosta de pintar e trabalhar em carros.

4. Toda banda tem suas influências, nós gostaríamos de saber em quais bandas vocês se inspiram e quais bandas vocês têm ouvido ultimamente.

- ANUNCIE AQUI -

Aqui vão algumas bandas que temos inspirado em todos esses anos:

Jimmy Eat World, Goo Goo Dolls, Nirvana, Dave Matthews Band, Daft Punk, Michael Jackson, The Beatles, Stone Temple Pilots.

- ANUNCIE AQUI -

Aqui vão algumas bandas que estivemos ouvindo ultimamente.

Britney Spears, Lady GaGa, The Used, All Night Dynamite, The Love Willows, Kylie Minogue… E um monte de remixes dance.

- ANUNCIE AQUI -

5. Rapidinhas:

– um filme: Can’t Hardly Wait

- ANUNCIE AQUI -

– um lugar: Aruba

– uma música: Waking Up In Vegas

- ANUNCIE AQUI -

– um show: The Sopranos

6. Qual foi o momento mais embaraçoso no palco?

- ANUNCIE AQUI -

Como a maioria dos fãs deve saber… Sam toma uns belos tombos no palco… Ele apaga o tempo todo! *risos*

7. O que você sabe sobre o Brasil? Vocês tocariam aqui?

- PUBLICIDADE -

Claro que nós tocaríamos no Brasil! Nós nunca estivemos aí, mas já escutamos muitas coisas boas sobre. Eu ouvi que o clima é maravilhoso, as garotas são bonitas e todos gostam de uma festa! Eu espero poder ir aí fazer um show algum dia.

8. Alguma música nova ou álbum vindo por aí?

SIM! Nós estaremos em casa por alguns meses escrevendo e gravando novas músicas, para Ep’s e singles que serão lançados num futuro próximo… Então fiquem de olho nisso, principalmente no nosso myspace para novidades.

9. O que vocês pensam sobre download ilegal?

Eu acho que isso tem altos e baixos… Eu acredito que em grande parte afete as bandas e cantores maiores, que não estão tanto em turnês, mais que as bandas pequenas e médias. Download ilegal de música pode ajudar pequenas bandas a alavancarem e conseguir um selo de gravação, conseguir um turnê maior, a vender merchandise, conseguir tocar em uma rádio, um meio que ela possa ser ouvida. A maior parte das bandas de médio e grande porte que possuem selo nunca vê um centavo dos royalties do cd porque geralmente eles não o recuperam em seu primeiro contrato… Então os selos maiores
perdem mais dinheiro que os artistas pequenos, principalmente se esses artistas estão fazendo shows em pubs e etc. Bem, mas essa é apenas mina opinião.

10. Nós gostaríamos de agradecer vocês por responder nossas perguntas! Deixe uma mensagem para todos os leitores da Nação da Música e os fãs de vocês.

Muito obrigado pelo apoio que vocês demonstram a nós. Isso significa o mundo para nós, que aquela pessoa está nos escutando e apoiando nossa banda há milhares de milhas de nós! Mwahhhhhhhhh <3  Espero vê-los em breve.

Redação
Redação
A redação é comandada por Rafael Strabelli, Editor Chefe e Fundador da Nação da Música, que existe desde 2006. O site possuí mais de 20mil publicações entre notícias, shows, entrevistas, coberturas, resenhas, videoclipes e muito conteúdo exclusivo.