Especial: The Voice USA (5) – Confira como foi a última noite de blind auditions

Nesta segunda-feira (07) foi ao ar a quinta, e última parte, de blind auditions. Neste episódio conheceremos as formações dos times de cada treinador nesta temporada de The Voice. Acompanhe agora tudo que rolou no último dia de audições.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Quem abriu a noite foi Matt Cermanski. Matt é outro exemplo de artista que tentou a sorte na última temporada do programa, mas acabou não se classificando. Ele aproveitou as dicas dos treinadores naquela oportunidade para tentar uma chance no programa novamente.

- ANUNCIE AQUI -

Matt apresentou “Have A Little Faith In Me”, de John Hiatt e popularizada por Mandy Moore. E parece que ele realmente aprendeu com o fracasso da última temporada. Chamando atenção de Adam Levine, Cee Lo Green e Blake Shelton, Matt acabou por ser mais uma voz no time do líder do Maroon 5.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Quem deu sequência a última noite de audições foi Tamara Chauniece. Tamara cresceu em um ambiente muito musical, se apresentando quase todos os dias na igreja. A história dela é semelhante a de vários competidores, que tiveram que deixar a música de lado para se dedicar a outros projetos.

Com muita influência gospel na sua voz, Tamara apresentou “1+1”, da Beyoncé, e logo de cara chamou atenção de Christina Aguilera. Porém, Christina não conseguiu vencer a batalha de argumentos contra Cee Lo Green.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Apesar de jovem Brandon Chase sempre demonstrou ser um prodígio. Se formando cedo e pronto dedicar-se a música. Após passar por uma situação de vida ou morte logo após o seu nascimento, Brandon tenta a sorte no The Voice.

- PUBLICIDADE -

Com 20 anos ele apresentou “Wanted”, canção da jovem estrela Hunter Hayes. Com raízes na música country era óbvio que Brandon chamaria atenção de Blake Shelton, que a partir da próxima semana começará a trabalhar com o potencial de Chase.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Apesar de ter perdido Brandon para Blake, Cee Lo deu a volta por cima com a voz de Lupe Carroll. O entregador de flores espera conseguir fazer as pessoas felizes, desta vez com a sua música. Música que fez Carroll se aproximar de sua esposa.

Ele apresentou a música “If I Were A Carpenter”, de Tim Hardin e popularizada na década de 60 por Bobby Darin. Uma exótica voz que certamente será muito bem trabalhada pelos talentos musicais de Cee Lo.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

A última voz a ser selecionada por Adam Levine para seu time foi a de Grey. Outra com candidata  com uma história musical que estende-se desde a infância. Atualmente Grey se apresenta com uma banda em casamentos, e pretende elevar o seu talento a um novo nível.

- ANUNCIE AQUI -

Ela apresentou “Catch My Breath”, de Kelly Clarkson, e chamou atenção dos três treinadores masculinos. Como dito anteriormente, quem venceu esta queda de abraço foi Adam Levine. Ótima aquisição para o forte time do líder do Maroon 5.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Quem preencheu o time de Christina Aguilera foi Michael Lynch. Michael sempre cantou, e a música o ajudou a aprender espanhol.  Dando muito valor a cultura latina, Lynch é uma escolha perfeita para o time de Christina.

Michael apresentou o hit “Bailamos”, de Enrique Iglesias. Uma música pop que combina inglês e espanhol. Com certeza Christina Aguilera não poderia esperar algo melhor para fechar o seu time.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Quem completou o time de Blake Shelton também foi uma voz perfeita para o treinador. Brian Pounds é músico profissional e compositor. Ao contrário de muita gente, a família de Pounds é lotada de… esportistas!

- ANUNCIE AQUI -

Apesar dele ter tentando a chance no esporte, a música era sua real paixão. Ele apresentou “Wagon Wheel”, do Old Crow Medicine Show, e também chamou atenção de Cee Lo Green. Mas esta era uma batalha ganha para o time do atual tri campeão do The Voice.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- PUBLICIDADE -

A busca de Cee Lo pelo último integrante de seu time foi árdua. Após uma série de artistas que não chamaram atenção do treinador, surge no palco Shawn Smith. Shawn trabalha em um bar, combinando o trabalho como bartender e cantor.

- ANUNCIE AQUI -

Ele teve uma perda em sua audição enquanto lutava na guerra. Agora, Smith tenta novamente retomar o seu sonho musical. Com uma performance de “Chicken Fried”, do Zac Brown Band, ele foi o último competidor a ser escolhido nas blind auditions.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Vicente Pardo: Editor do Nação da Música desde 2012, formou-se em Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas em 2014. A música sempre foi sua paixão e não consegue viver sem ela. É viciado em procurar artistas novos e não consegue se manter ouvindo a mesma coisa por muito tempo. Também é um apaixonado por séries de TV e cultura pop.