Especial – The Voice USA: Começaram os duelos!

Bem vindos fãs de The Voice a mais uma parte do nosso especial aqui no Nação da Música! Finalmente chegamos aos battle rounds, onde teremos duetos de cada time disputando uma vaga na próxima fase do programa. Nesta temporada temos uma novidade, cada treinador poderá “roubar” duas vozes de um time adversário. Quem for eliminado no duelo ainda tem uma chance de seguir o sonho de ser A voz, em outra equipe! Vamos conferir o que rolou neste primeiro episódio de batalhas.

O time do atual campeão Blake Shelton, que contou com o auxilio de Michael Bublé nos treinamentos, já começou com um duelo bastante interessante entre o ex-lutador Casey Muessigmann e sua voz country contra o roqueiro escocês Terry McDermott. A dupla apresentou o clássico “Carry On Wayward Son”, do Kansas. Talvez as dificuldades de Casey em adaptar a sua voz a uma música de estilo diferente do que está acostumado tenha comprometido a sua performance. Mas isso não tira os méritos de Terry, que sempre se mostrou mais confortável e honrou sua vitória na batalha.

A próxima batalha do time de Shelton envolveu a dupla de mãe e filha 2Steel Girls contra a jovem Gracia Harrison. Em uma batalha puramente country, essas ótimas vozes femininas apresentaram “Sin Wagon”, das Dixie Chicks. Apesar de estar enfrentando uma dupla, Gracia não se intimidou e provou todo o talento que já havia demonstrado nas audições e, com isso, garantiu sua vaga nas eliminatórias. O duo 2STeel Girls voltou pra casa.

O time de Cee Lo Green também teve dois ótimos duelos nesta primeira rodada de batalhas. O primeiro deles foi entre o peruano Diego Val e o astro do Youtube JR Aquino. Apesar das dificuldades em conseguir aprender a letra de “Jessie’s Girl”, de Rick Springfield, Diego Val se sobressaiu com sua voz rouca durante a apresentação e, com isso, se manteve no programa.

O time de Cee Lo contou com a ajuda de Rob Thomas, vocalista do Matchbox Twenty, nos treinamentos. Treinamentos estes que parecem ter funcionado muito bem para uma das melhores batalhas deste episódio. Amanda Brown e Trevin Hunte fizeram duas das melhores audições do programa, e era esperado que o duelo deles fosse um dos mais bonitos desta fase. Cantando “Vision Of Love”, de Mariah Carey, Trevin se classificou para as eliminatórias enquanto Amanda tentou ser “roubada” por todos os outros coaches! Ela acabou seguindo para o time de Adam Levine.

Adam que fez parceria com Mary J. Blige nos treinamentos de sua equipe. O duelo que marcou a sua equipe neste programa foi entre a voz rouca de Bryan Keith contra o afinado Collin McLoughlin. A bela apresentação de “Santeria”, do Sublime, rendeu a Bryan uma vaga nas eliminatórias enquanto McLoughlin foi roubado por Blake Shelton!

A parceria que Christina Aguilera fez com Billie Joe, vocalista do Green Day, promete ser bem interessante. E percebemos isso logo na primeira batalha envolvendo componentes do time da diva pop. A jovem De’Borah enfrentou o nigeriano Nelly’s Echo em uma bonita apresentação de “Message in a Bottle”, um clássico do The Police. Apesar das dificuldades e nervosismo durante os ensaios, De’Borah demonstrou novamente o seu grande potencial e acabou passando para a próxima fase do programa. Infelizmente Nelly voltou pra casa, acho que ele merecia uma segunda chance com um treinador diferente, não acham?

COMPARTILHAR
Vicente Pardo: Editor do Nação da Música desde 2012, formou-se em Jornalismo pela Universidade Federal de Pelotas em 2014. A música sempre foi sua paixão e não consegue viver sem ela. É viciado em procurar artistas novos e não consegue se manter ouvindo a mesma coisa por muito tempo. Também é um apaixonado por séries de TV e cultura pop.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!