Fresno – 27/05/2008

Em 1999 começa a ideia de uma banda que nun futuro próximo seria um sucesso no Brasil e fora dele, Fresno, uma banda com nome de cidade americana que tomou conta dos ouvidos dos jovens da atualidade, o Vavo que é um dos integrantes da banda nos respondeu algumas perguntas, veja agora o que ele nos falou…

- ANUNCIE AQUI -
Lubeka

Nação da Música 1. Primeiramente muito obrigado por responderem as nossas perguntas, gostariamos de saber como começou a banda, de quem foi a ideia e como foi o começo, se sofriam com algo no inicio.

- ANUNCIE AQUI -

Vavo: A idéia surgiu ainda na escola, em meados de 1999, e nosso primeiro objetivo era tocar passar na seletiva para tocar no festival de bandas da escola! Do terceiro show da banda em diante, já tocávamos apenas nossas músicas próprias. Isso foi muito importante para conquistarmos nossos fãs e continuar o trabalho. Quando começamos a banda éramos eu, Lucas, Cuper e Leandro, todos colegas de turma. A principal dificuldade era a divulgação, e acertamos em cheio ao concentrar tudo na internet.

- ANUNCIE AQUI -

 

- ANUNCIE AQUI -

Nação da Música 2. Até hoje vocês são uma banda considerada estilo emo por muitos, vocês sofrem muito preconceito com o estilo de vocês? como vocês reajem a isto?

Vavo: Essa história dos emos já deu o que tinha que dar. Transformaram um segmento de música num modo de se vestir e comportar. Mas não chegou a nos incomodar não. Em vários pontos ajudou bastante, inclusive.

- ANUNCIE AQUI -


Nação da Música 3. Nós da Nação da Música trabalhamos com diversas bandas novas que estão querendo chegar ao sucesso, o que vocês podem dizer para essas bandas que estão começando agora?

Vavo: Façam a música de coração. Sejam vocês mesmo, não sigam fórmulas. Ensaiem bastante, façam bastante shows. Divulguem de alguma forma original. Se a música for boa, vai dar tudo certo.

- PUBLICIDADE -

Nação da Música 4. Quando iniciaram a banda, vocês concerteza tinham seus objetivos com ela, sonhos esse tipo de coisa, hoje com o sucesso que vocês tem, conseguiram realizar esses sonhos e objetivos? Quais foram eles?

Vavo: Os sonhos vêm por etapas. Conforme eu disse, nosso primeiro sonho era entrar no festival de bandas do colégio. E conseguimos. Depois pretendíamos fazer um show só nosso com músicas próprias. Depois gravar um demo. Gravar um cd. Tocar fora da cidade, do estado. Tudo é muito gradual. Hoje tocamos em rádios, tv, fazemos festivais gigantes junto com bandas que éramos fãs quando adolescentes. Podemos dizer que estamos realizados, mas não satisfeitos. Estamos sempre em busca de mais.

- ANUNCIE AQUI -

Nação da Música 5. Muitas bandas ultimamente andam fazendo muitos covers, muito bons por sinal, vocês fazem algum cover de banda? Quais músicas tocam dessa banda?

Vavo: Isso é até um pouco engraçado. Fora os 2 primeiros shows, ainda em 1999, a gente nunca fez cover de nenhuma banda! Mas achamos bacana fazer fusões, como fizemos com Armandinho, Namastê e, agora, Chitãozinho & Xororó. Um tocando música do outro, cantando junto.

- ANUNCIE AQUI -

Nação da Música 6. Qual foi o melhor show que vocês já fizeram? onde e como foi esse show?

Vavo: Talvez pelo sonho de infância, o do Planeta Atlântida desse ano. Quando mais jovens, sempre íamos ao Planeta e sonhávamos tocar lá um dia naquele palco enorme. Esse foi um dos sonhos realizados.

- ANUNCIE AQUI -

Nação da Música 7. Qual foi a maior loucura que uma fã fez para vocês? e o que ela fez?

Vavo: Uma vez, estávamos fazendo uma turnê pelo Centro-Oeste e nesse meio tempo um fã foi à nossa casa. Como não estávamos, ela acampou na frente, arrumou trabalho na feira que acontece no quarteirão, tudo esperando a gente chegar. Só que nesse meio tempo, os pais delas já tinham acionado a polícia, pois ela tinha fugido de casa. Uns amigos nossos ajudaram a contornar a situação, felizmente.

- ANUNCIE AQUI -

Nação da Música 8. Pergunta de 2 fãs:

a) Qual foi o recorde de dias que o tavares ficou sem coca-cola? (Samantha Teixeira / São Caetano do Sul – São Paulo)

- ANUNCIE AQUI -

Vavo: Zero. Se ele ficar sem beber, acho que morre. haha

b) como é essa nova faze de sair do independente e entrar numa nova estrutura de shows, publicos, lugares? (Disney Cardozo / Campo Grande – Mato Grosso do Sul)

- ANUNCIE AQUI -

Vavo: É muito bacana. Tocar para pessoas novas, junto com bandas consagradas. É bom ter esses shows grandes de festivas alternando com nossos shows em lugares fechados. Ambos são muito legais, mas cada um com suas particularidades.

Entrevista postada dia: 27/05/2008
Nação da Música

- PUBLICIDADE -

www.nacaodamusica.com.br

A redação é comandada por Rafael Strabelli, Editor Chefe e Fundador da Nação da Música, que existe desde 2006. O site possuí mais de 20mil publicações entre notícias, shows, entrevistas, coberturas, resenhas, videoclipes e muito conteúdo exclusivo.