lollapalooza brasil 2019
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música

O domingo(07) do Lollapalooza Brasil 2019 contou com 76 mil pessoas respirando música e diversão no Autódromo de Interlagos. O festival encerrou em grande estilo com alguns dos melhores shows da edição segundo a equipe da Nação da Música. E o que foi que surpreendeu tanto?

Dá só uma olhada nos melhores momentos do Lollapalooza Brasil 2019 e confira as apresentações que deixaram o público boquiaberto:

Valeu Lolla! x Ué, Lolla?

Após o sábado um tanto quanto tumultuado do festival, o domingo foi calmo e agradável para o público do evento. As filas para participar das ativações continuaram presentes, mas como já comentamos, pegar uma cerveja, água ou comida nos bares foi tranquilo durante todos os dias do Lollapalooza.

Resumindo, a organização mandou bem, mas certamente os valores para consumação dentro do evento ainda continuam desagradando os fãs do festival. De resto, o público saiu em sua maioria contente com a experiência pelo que deu para perceber.

Hora do Show!

Iza

A cantora Iza é conhecida por seus shows cheios de energia e por sua presença de palco sedutora. E é claro que os fãs e público no geral não se decepcionaram com a apresentação da artista.

O repertório foi cumprido com classe e hits como ‘Esse Brilho É Meu’, ‘Ginga’, ‘Rebola’ e ‘Dona de Mim’ fizeram sucesso, assim como os covers de ‘What’s My Name’, da Rihanna, e ‘Bad Romance’, da Lady Gaga. Um dos momentos que não pode ser esquecido é a participação do cantora Marcelo Falcão durante o single ‘Pesadão’.

- PUBLICIDADE -

Cheia de atitude e com uma simpatia natural, Iza foi uma daquelas atrações previsíveis no bom sentido: era impossível não curtir!

The Struts
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música

The Struts

Talvez o The Struts seja uma das maiores revelações do Lollapalooza Brasil 2019. Apesar de ter dez anos de estrada, é a primeira vez que a banda toca em terras brasileiras. O grupo soube agitar até mesmo aqueles que não estavam tão familiarizados assim com o som! Grande parte disso veio do carisma do vocalista, Luke Spiller, que não parou um minuto de interagir com o público apresentando uma presença da palco impecável.

Os ingleses focaram em um setlist com algumas de suas músicas mais famosas dentre os dois discos já lançados e apostaram também em covers, como ‘Dancing in the Dark”, de Bruce Springsteen. Com muita animação e uma sonoridade totalmente voltada para o rock dos anos 70, a banda chegou cheia de entusiasmo no palco e encontrou um sentimento recíproco no público.

Interpol
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música

Interpol

Os norte-americanos do Interpol não economizaram na melancolia durante sua apresentação no Palco Onix. Conhecidos por sucessos como ‘If You Really Love Nothing’, ‘Evil’ e ‘Fine Mess’, o grupo fez um show costumeiro e sem muitas surpresas, ou melhor, nenhuma.

- PUBLICIDADE -

De modo geral, a apresentação foi ótima para aqueles que escolheram um local agradável na grama, estenderam a canga e assistiram ao show. Os fãs gostaram do que viram, provavelmente porque era o esperado e estavam sedentos por um novo encontro com os músicos que passaram pela última vez pelo país em 2015 – e inclusive foi para tocar no mesmo evento.

Greta Van Fleet
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música

Greta Van Fleet

A estampa da camiseta de grande parte do público do Lolla provava: Greta Van Fleet era uma das atrações mais esperadas do domingo. Com uma energia que contagiou todo o público, a banda americana, muito comparada com Led Zeppelin, não economizou na sonoridade voltada para um rock mais antigo. Outro ponto forte e notável foram as encenações em cima do palco com direito a interação com a galera, agudos explosivos e até guitarra tocada de costas.

Twenty One Pilots
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música

Twenty One Pilots

O Twenty One Pilots deixou uma multidão boquiaberta, cansada e rindo à toa de tanta alegria no começo da noite de domingo. O duo americano foi responsável por um dos shows mais animados e deslumbrantes da 8ª edição do Lollapalooza Brasil 2019.

O vocalista Tyler e o bateria Josh encontraram a sintonia perfeita com a plateia e qualquer um presente poderia ficar horas ali curtindo o momento. A dupla, dona de hits como ‘Stressed Out’ e ‘Heathens’, foi além dos singles e fez um mar de pessoas cantar junto músicas como ‘Jumpsuit’, ‘Ride’ e ‘Lane Boy’.

Sem economizar energia e com uma presença de palco indescritível, Tyler e Josh cantaram com o público, puxaram conversa e se aproximaram dos fãs durante o show. Não teve pra ninguém, até quem não era fanático por eles saiu extasiado do Palco Onix.

- PUBLICIDADE -

Kendrick Lamar

Com um show completamente visual, Kendrick Lamar estava entre as últimas atrações do festival. Com um repertório recheado de músicas do último álbum, o rapper colocou a galera pra cantar e mostrou que o rap vem ganhando cada vez mais espaço em eventos como o Lollapalooza.

Além das canções mais famosas e das três intervenções em vídeos que dividiram a apresentação em partes, o cara não economizou na setlist e incluiu canções de outros parceiros como Travis Scott e Schoolboy Q.

Years and Years
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música

Years & Years

Olly Alexander, vocalista do Years & Years, não tirou o sorriso do rosto durante a apresentação do grupo no Palco Adidas. O pop dançante dos britânicos dominou a última noite do Lollapalooza Brasil 2019 e hits como ‘King’, ‘Desire’, ‘Take Shelter’ e ‘All For You’, foram destaques da pista de dança que se formou ao longo da apresentação.

Mesmo não apresentando nada fora do comum, o Years & Years entregou um show cheio de boas energias para os fãs do começo ao fim. Olly agradeceu pelo apoio dos brasileiros diversas vezes e acompanhou o ritmo do público de cima do palco.

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Lollapalooza Brasil, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria! Confira como foi o primeiro e segundo dia do evento. Veja nossa galeria de fotos do terceiro dia de festival, tiradas através das lentes de Rafael Strabelli:

Fotos: @RafaelStrabelli / Nação da Música. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Posted by Nação da Música on Wednesday, April 10, 2019