Artifact”, o documentário do 30 Seconds to Mars estreou no 2012 Toronto International Film Festival, mas será lançado para o público no dia 3 de dezembro através do FilmBuff, tornando-o disponível em Video On Demand, iTunes, Amazon, e várias outras plataformas.

Dirigido pelo próprio líder da banda, Jared Leto, usando o nome “Bartholomew Cubbins”, o filme vai mostra a batalha judicial entre o grupo e a EMI, que abriu um processo de 30 milhões de dólares contra a banda por quebra de contrato.

Começou como um filme sobre a criação do álbum e se tornou um filme sobre o conflito mais brutal e desafiador de nossas vidas. Espero que os artistas e o público que assistirem este filme entendam melhor como as coisas funcionam [na indústria fonográfica], porque entender é o necessário para mudar“, explicou Leto.

Nós estávamos lutando por todos nós, lutando por justiça. Somos uma banda pequena que obteve um pouco de sucesso e estamos lutando contra um conglomerado de bilhões de dólares. É meio maluco, não é?”

No final, o 30 Seconds To Mars assinou outro contrato com a EMI. “This Is War” vendeu quatro milhões de cópias, mas de acordo com “Artifact“, a banda ainda deve US$1.7 milhões para a gravadora.

Além de registrar a construção do álbum, o filme examina o estado atual da indústria da música, falando sobre as relações entre as grandes gravadoras e seus artistas. Conta também como está sendo o processo pela qual a indústria fonográfica vem passando nesses últimos anos e suas perdas com a distribuição digital.

- PUBLICIDADE -

Dê o play e assista ao trailler do documentário: